Ídolo do Internacional e Goiás faleceu após acidente de helicóptero na madrugada do último sábado

O corpo do ex-jogador Fernandão foi sepultado por volta das 15h no Cemitério Jardim das Palmeiras, em Goiânia, depois de quase 18 horas do velório que aconteceu no ginásio Luis Torres de Abreu, localizado na sede do Goiás. 

Torcedores e amigos foram à sede do Goiás para o velório de Fernandão
Site oficial/Goiás
Torcedores e amigos foram à sede do Goiás para o velório de Fernandão

Leia também:  Torcedores do Inter homenageiam Fernandão em frente ao Beira-Rio

Segundo informações do próprio cemitério, o corpo do ídolo do Goiás e Internacional chegou às 14h45 no local e foi enterrado na Quadra N, lote 969A. As bandeiras dos dois clubes cobriram o caixão do ex-atleta de 36 anos, de acordo com a Rádio Gaúcha.

Helicóptero com Fernandão caiu logo após decolar e acabou partido em 2 na queda

Fernandão faleceu na madrugada do último sábado vítima de um acidente de helicóptero. Ele chegou a ser socorrido pelo Corpo de Bombeiro, mas não resistiu aos ferimentos e morreu a caminho do hospital. Ao iG Esporte , o tenente-coronel Jaílton Figueiredo, que atendeu a ocorrência, afirmou que o helicóptero caiu 500 metros depois de levantar voo. A perícia ainda investiga as causas do acidente.

Confira as fotos do acidente:

Fernando Lúcio da Costa, mais conhecido como Fernandão, era natural de Goiás e começou a carreira na cidade natal. Profissionalizou-se pelo Goiás, onde se tornou ídolo, e defendeu o Olympique de Marselha, da França, por três temporadas. No retorno ao Brasil, entrou para a história do Internacional ao liderar o time nas conquistas da Libertadores e do Mundial de 2006. Aposentado, arriscou carreira como técnico e seria comentarista do Sportv na Copa do Mundo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.