Ainda na lanterna, o time goiano já está a oito pontos da primeira equipe que hoje escaparia do rebaixamento

Após nove partidas com um desempenho pífio, o Vila Nova, enfim, conseguiu balançar as redes pela primeira vez na Série B. Na noite deste sábado, a equipe goiana recebeu o Bragantino no Serra Dourada, saiu atrás do placar com um gol relâmpago dos visitantes, mas foi buscar a recuperação no final do segundo tempo, empatando em 1 a 1.

Com o empate deste sábado, o Bragantino não abre distância da zona de rebaixamento, chega aos 10 pontos conquistados e fica na 15ª colocação. O Vila Nova, por sua vez, soma o seu segundo ponto na competição. Ainda na lanterna, o time goiano já está a oito pontos da primeira equipe que hoje escaparia da degola.

Se o objetivo era começar uma reação heroica neste sábado, o Bragantino precisou de apenas 12 segundos para mostrar que o Vila Nova teria muito trabalho conquistar este feito. Em uma saída de bola perfeita, a equipe paulista inaugurou o marcador antes mesmo da primeira volta do ponteiro. Luisinho recebeu o passe de Léo Jaime e desviou para o fundo das redes.

O gol deixou o Vila Nova bastante abatido nos minutos finais, quando o Bragantino chegou a ter chances de ampliar sua vantagem. Com o decorrer do tempo, os anfitriões recuperam no jogo. Sem ter o que perder e desesperado para sair dessa situação, o time goiano partiu para o ataque e quase marcou duas vezes com o volante Nenê Bonilha.

O jogo, portanto, ficou movimentado, mas nenhuma das duas equipes, mesmo com boas chances criadas. Já no segundo tempo, Francesco, do Bragantino, foi expulso depois de brigar com o seu próprio companheiro Danilo Bueno. Com dez jogadores, a equipe paulista não conseguiu manter o mesmo desempenho e permitiu com que o Vila Nova marcasse o seu primeiro gol na competição.

Aos 43 minutos do segundo tempo, Rafael Oliveira aproveitou o cruzamento de Dimba e completou para o fundo das redes, fazendo com que o Vila Nova desencantasse na Série B. Nos cinco minutos finais, os goianos ainda estiveram perto de conquistarem o primeiro triunfo na competição, mas o ataque da equipe anfitriã não conseguiu aproveitar as chances criadas.

Antes da parada para a Copa do Mundo, as duas equipes ainda fazem mais uma partida. Nesta terça-feira, às 19h30 (de Brasília), o Bragantino tenta manter o embalo diante do Ceará, em Bragança Paulista, no Estádio Nabi Abi Chedid. Já o Vila Nova entra em campo apenas na sexta, também às 19h30, quando encara o Joinville, no interior catarinense.

FICHA TÉCNICA -  VILA NOVA 1 X 1 BRAGANTINO
Data:
31 de maio de 2014, sábado
Local: Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Hora: 21 horas (de Brasília)
Arbitragem: Fábio Filipus (PR)
Assistentes: Luciano Roggenbaum (PR) e Marcos Rogério da Silva (PR)
Cartões Amarelos: Marcelo Toscano, Christiano (Vila Nova), Robertinho, Danilo Alves e Léo Jaime (Bragantino)
Cartão Vermelho: Francesco (Bragantino)

Gol
BRAGANTINO:
Luisinho, a 1 minuto do primeiro tempo
VILA NOVA: Rafael Oliveira, aos 43 minutos do segundo tempo

VILA NOVA: Cleber Alves; Arthur (Dimba), Vítor, Diego Bispo e Christiano; Jefferson, Nenê Bonilha, Bida (Lucas Sotero) e Marcelo Toscano (Hugo); Bruno Veiga e Rafael Oliveira
Técnico: Christian Lauria

BRAGANTINO: Renan, Robertinho, Yago, Luiz Eduardo e Bruno Recife; Francesco, Danilo Bueno e Magno Cruz (Guilherme Mattis); Léo Jaime (Nunes), Luisinho e Tássio (Danilo Alves)
Técnico: André Gaspar

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.