Time paranaense é o único que ainda não venceu nenhuma partida no Campeonato Brasileiro até agora

Sem pode contar com o Couto Pereira, o lanterna Coritiba recebe, neste sábado, às 18h30 (de Brasília), o Goiás , na Vila Capanema, buscando ainda a primeira vitória e a reabilitação no Campeonato Brasileiro 2014 . A equipe goiana, porém, faz boa campanha, com 15 pontos ganhos, e espera conseguir um resultado positivo para seguir colada no G4.

Confira classificação, tabela de jogos e artilharia do Campeonato Brasileiro

Sem vencer, afundado na última posição e sem explicação para a falta de gols, o técnico Celso Roth tenta recolher os cacos e recuperar a parte psicológica da equipe. O comandante coxa-branca acredita que os erros de finalização e passes só podem ser justificados pelo nervosismo. "É inexplicável. Todas as decisões que tomamos, estamos nos precipitando, sendo ansiosos. Mas não adianta reclamar demais, tem que melhorar", ponderou.

Para ajudar na dura missão, o treinador alviverde deverá contar com algumas novidades. O meia Alex e o zagueiro Leandro Almeida voltam após se recuperarem fisicamente e darão mais experiência ao time. Outras duas boas possibilidades são Gil e Robinho, que ainda precisam de ritmo de jogo, mas não serão surpresa se aparecerem entre os titulares.

O Goiás vem de um empate diante do Vitória e desperdiçou a chance de entrar no G-4. Porém, isso não diminuiu a boa campanha e o objetivo continua o mesmo para esta última partida antes da Copa do Mundo. O técnico Ricardo Drubsky, que ainda tem uma série de desfalques por lesão, vai continuar com a mesma formação, que tem agradado, com direito a algumas descobertas, como o jovem Rodrigo.

FICHA TÉCNICA -  CORITIBA X GOIÁS

Local: Estádio Durival Britto e Silva, em Curitiba (PR)
Data: 31 de maio de 2014, sábado
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Pablo dos Santos Alves (ES)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (MG) e Vanderson Antonio Zanotti (ES)

CORITIBA: Vanderlei; Reginaldo (Gil), Luccas Claro, Leandro Almeida e Dener; Chico, Baraka, Jajá (Robinho) e Alex; Roni e Zé Love
Técnico: Celso Roth

GOIÁS: Edson; Vitor, Jackson, Felipe Macedo e Lima; Amaral, Rodrigo, Ramon e Tiago Real; Liniker e Danilo
Técnico: Ricardo Drubscky

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.