Sem triunfar há duas rodadas, equipe carioca ocupa apenas a oitava colocação na divisão de acesso nacional

Depois de empatar sem gols com o Joinville e completar dois jogos sem vitória na Série B do Campeonato Brasileiro, o Vasco tenta quebrar o pequeno jejum nesta terça-feira, quando visita o Bragantino pela oitava rodada da competição. Oitavo colocado com nove pontos, tem um a mais que o anfitrião, que aparece em 13º lugar. O time paulista, porém, está embalado após o triunfo por 3 a 0 sobre o Oeste na sexta-feira.

Adilson Batista, técnico do Vasco, acha que o jogo desta terça-feira será parecido com aqueles que o time tem feito longe do Rio de Janeiro nesta Série B. "Acredito que o Bragantino vai se aproveitar do fato de jogar em casa e tentar tomar a iniciativa do confronto", explica. "O fundamental neste momento é termos atitude, como estamos tendo, e não nos deixarmos intimidar por isso. Temos os nossos objetivos na competição e precisamos de um triunfo", disse.

Na visão dos jogadores do Vasco, a vitória é fundamental no planejamento da equipe de terminar a primeira parte da Série B, antes do recesso da competição para a disputa da Copa do Mundo, no G4, a zona de classificação para a elite do futebol nacional.

Veja como está a classificação da Série B do Campeonato Brasileiro

"Nós perdemos alguns pontos em jogos com o nosso mando de campo, como nos empates com o América-MG na estreia, e na semana passada, quando empatamos com o Sampaio Corrêa", lembra o goleiro Diogo Silva. "Para terminarmos a competição entre os quatro primeiros colocados vamos precisar somar o máximo de pontos nos jogos que faltam antes da Copa do Mundo e ganhar do Bragantino, com todo o respeito ao adversário, está nos nossos planos", analisa.

Para este compromisso Adilson Silva vai alterar a escalação, com a entrada do meia Guilherme Biteco e do atacante Yago, que buscarão dar mais velocidade ao time. O segundo entra na vaga de Rafael Silva, em uma troca simples. Já o apoiador ocupará o posto do zagueiro Luan, com o 3-5-2 sendo deixado de lado para o aproveitamento do 4-4-2.

Pelo lado do Bragantino, o técnico André Gaspar prega a tranquilidade como arma na busca da vitória. "O Vasco é um grande adversário, acostumado a jogos complicados, mesmo fora de casa. Vamos precisar de inteligência e tranquilidade para colocarmos a partida ao nosso feitio e conserguirmos construir o resultado que nos interessa", ressalta o interino, que vem ocupando o cargo desde que Marcelo Veiga se transferiu para a Portuguesa.

Em termos de escalação, satisfeito com o rendimento do time na vitória sobre o Oeste, André Gaspar não deve fazer modificações, embora não tenha entecipado a formação.

FICHA TÉCNICA
BRAGANTINO X VASCO

Local: Estádio Nabi Abi Chedid, em Braganca Paulista (SP)
Data: 27 de maio de 2014 (Terça-feira)
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Arilson Bispo da Anunciação (BA)
Assistentes: Elicarlos Franco de Oliveira (BA) e José Carlos Oliveira dos Santos (BA)

BRAGANTINO: Renan, Robertinho, Yago, Luiz Eduardo e Bruno Recife; Francesco, Gustavo e Danilo Bueno; Cesinha, Léo Jaime e Tássio
Técnico: André Gaspar

VASCO: Diogo Silva, Diego Renan, Rodrigo, Douglas Silva e Marlon; Fabrício, Pedro Ken, Douglas e Guilherme Biteco; Yago e Edmilson
Técnico: Adilson Batista

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.