Tamanho do texto

Volante crê que companheiro reforça a marcação, mas equipe perde na saída de bola, característica forte de Maicon

Apesar de Muricy Ramalho ainda não ter definido o substituto de Maicon - que recebeu o terceiro cartão amarelo na vitória contra o Grêmio e terá de cumprir suspensão diante do Atlético-PR -, a tendência é que o recém-contratado Hudson ganhe sua primeira oportunidade entre os titulares do São Paulo . Companheiro de Maicon na cabeça de área, o volante Souza acha que o meio de campo ganhará em marcação, mas perderá qualidade na saída de bola.

"A gente ainda não sabe qual será meu parceiro de meio-campo. Se for o Hudson, a gente ganha na marcação, porque ele fica mais plantado que o Maicon. Mas ele não tem tanta ofensividade como o Maicon, então a gente vai perder um pouco na saída (de bola). Vai entrar para ajudar, mas a saída do Maicon representa grande perda pela qualidade na saída de bola, que é diferenciada", disse Souza, em entrevista coletiva concedida após o treinamento desta segunda-feira.

Feliz pela recuperação no Campeonato Brasileiro, o volante exaltou a "volta por cima" do zagueiro Lucão, autor do único gol da vitória contra o Grêmio e apontado como um dos principais responsáveis pela goleada diante do Fluminense, quando marcou contra.

"É importante não só para ele, como para a equipe. Os grandes jogadores dão a volta por cima depois de falhar. O Lucão é um grande jogador, e mostrou isso, porque fez uma grande partida (contra o Grêmio). Ele nos ajudou a voltar aos trilhos", afirmou Souza.

Sétimo colocado do Brasileiro, com 12 pontos, o São Paulo volta a campo nesta quarta-feira, às 22 horas (de Brasília), quando enfrenta o Atlético-PR no Parque do Sabiá, em Uberlândia. Na manhã desta terça-feira, no último treino antes da viagem para Minas Gerais, o técnico Muricy Ramalho deverá definir a equipe que entrará em campo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.