Para Marquinhos Santos, atacante tem estilo ideal para entrar com a partida em andamento, por imprimir um ritmo veloz

Depois de um primeiro tempo em que pouco ameaçou o gol do Fluminens e, o Bahia conseguiu criar boas oportunidades na etapa complementar. Um dos grandes responsáveis pela melhora da equipe foi o atacante William Barbio, que entrou no lugar de Rafael Miranda na volta para o segundo tempo. Ao comentar a derrota por 1 a 0, o técnico do Bahia, Marquinhos Santos, disse que ainda não é o momento de escalar Barbio entre os titulares.

Confira a classificação atualizada, artilharia e notícias do Brasileirão

"É um jogador que muda a cara do jogo. Por enquanto, talvez não tenha a mesma performance no início da partida. No decorrer do jogo, ele pega os adversários um pouco mais cansados e abertos, e consegue imprimir a velocidade e fazer as jogadas", disse o treinador.A falta de gols diante do Fluminense, segundo Marquinhos, não está relacionada à ausência de um centroavante no esquema tático da equipe baiana.

E mais: Com gol no começo, Fluminense vence o Bahia e assume a ponta

"O time tem feito (gols). Não está faltando um homem-gol. Infelizmente, hoje (sábado) faltou um pouco mais de tranquilidade para concluir a gol", declarou.

Com seis gols marcados no Campeonato Brasileiro nas seis partidas disputada até aqui, o Bahia só deixou de balançar as redes contra o Fluminense.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.