Na vitória desta sábado sobre o Bahia, que rendeu a liderança do Brasileiro, treinador voltou a preservar alguns atletas

O técnico Cristóvão Borges já havia anunciado na semana passada que iria poupar alguns jogadores para evitar que a maratona de jogos prejudicasse a qualidade do futebol exibido pelo Fluminense . Na vitória deste sábado, sobre o Bahia , o volante Diguinho e o atacante Rafael Sobis só entraram no segundo tempo e Conca saiu para descansar, enquanto Bruno se recupera de lesão.

Confira a classificação atualizada, artilharia e notícias do Brasileirão

Depois da partida, Cristovão disse que outros jogadores também receberão o mesmo tratamento. Ele explicou que o grupo está cansado e não pode ser sacrificado pelo acúmulo de jogos. "O grupo do Fluminense é bom e permite que eu recorra a esta alternativa, sem prejuízo do desempenho da equipe. Devo repetir o procedimento para a partida contra o Atlético Mineiro, porque acredito que seja o melhor caminho para manter o nível competitivo da equipe", disse o treinador.

E mais: Com gol no começo, Fluminense vence o Bahia e assume a liderança

Na entrevista coletiva, o treinador d disse que a vitória sobre o Bahia foi mais uma prova do equilíbrio da equipe. "O Fluminense está conseguindo fazer e não tomar gols. Fomos pressionados no segundo tempo e a equipe suportou muito bem. Trocamos vários jogadores, e mesmo assim a equipe correspondeu e soube obter mais um resultado positivo", declarou.

Retorno de Wellington Nem

A diretoria do Fluminense vai retomar, nesta segunda-feira, as negociações para contratar, por empréstimo, o atacante Wellington Nem, atualmente vinculado ao Shakhtar Donetsk, da Ucrânia. Nem tem contrato até 2018 e, como não vem sendo aproveitado pela equipe ucraniana, não esconde sua vontade de retornar às Laranjeiras. Ele já teria acertado o salário: cerca de R$ 400 mil.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.