Mesmo com a vitória deste sábado, time paulista segue em penúltimo na Série B, com cinco pontos ganhos

Renan comemora gol da Portuguesa contra o Atlético-GO
Moisés Nascimento/ Agif/Gazeta Press
Renan comemora gol da Portuguesa contra o Atlético-GO

A Portuguesa continua em penúltimo lugar na Série B do Campeonato Brasileiro, mas a estreia do técnico Marcelo Veiga deu, enfim, em um resultado positivo. O time conquistou a sua primeira vitória na competição ao bater o Atlético-GO por 2 a 0 neste sábado, no Canindé.

A Lusa superou os perigos criados pelos goianos no primeiro tempo e se encontrou depois do intervalo. Aos cinco minutos, Allan Dias abriu o placar e a equipe ainda cobrou, em vão, um tento em bola que Romão dividiu com a zaga e, segundo imagens da televisão, atravessou a linha. Aos 37, contudo, Renan fez um golaço para garantir os três pontos.

A Portuguesa termina a sétima rodada da Série B com cinco pontos, na penúltima posição, mas pode sair da zona de rebaixamento se vencer o Sampaio Corrêa, seu adversário na terça-feira, às 19h30 (de Brasília), no Canindé. O Atlético-GO, estacionado nos sete pontos e à beira da faixa da degola, tenta se recuperar às 21h50 do mesmo dia, recebendo o América-MG.

O jogo - O Dragão goiano tentou se aproveitar da péssima fase lusitana, foi à frente concentrando sua estratégia no atacante Junior Viçosa, que, com sies minutos, já tinha feito o goleiro Tom trabalhar duas vezes. O arqueiro teve que mostrar coragem para evitar que os espaços deixados por sua zaga se transformassem em gol adversário.

De nada adiantou a Portuguesa dar passos à frente para evitar o domínio. Tensa, a Lusa não conseguiu se encontrar e foi para o intervalo comemorando chute de Serginho, do Atlético, que passou rente ao gol de Tom. Pelo que se viu na etapa inicial, o 0 a 0 era lucro para os anfitriões.

Mas um ponto não era suficiente para as condições do clube na tabela. A Portuguesa voltou para o segundo tempo se imponto e, logo aos cinco minutos, Arnaldo cruzou e Romão ajeitou para Allan Dias abrir o placar e trazer alívio a quem preferiu ir ao Canindé em vez de ficar em casa vendo a final da Liga dos Campeões da Europa.

A torcida presente ainda poderia ter recebido logo outro motivo para comemorar aos nove, quando Romão disputou bola com a zaga rival e conseguiu fazê-la passar da linha do gol, como constataram imagens da televisão, mas a arbitragem não validou o lance para aumentar o marcador.

Beneficiado, o Atlético-Go retomou sua postura e, mais uma vez, parou em Tom, goleiro que realizou mais duas grandes defesas no segundo tempo, em finalizações de Junior Viçosa e Josimar. A Lusa, contudo, tentava armar contra-ataques e conseguia equilibrar o confronto.

Até que, aos 37 minutos do segundo tempo, Arnaldo lançou Régis, que dividiu com o goleiro Márcio e a bola sobrou para Renan tocar por cobertura, marcando um golaço para finalizar o placar da primeira vitória da Portuguesa nesta Série B.

FICHA TÉCNICA
PORTUGUESA 2 X 0 ATLÉTICO-GO

Local: Estádio do Canindé, São Paulo (SP)
Data: 24 de maio de 2014, sábado
Horário: 16h20 (de Brasília)
Árbitro: Valdicleuson Silva da Costa (AP)
Assistentes: Fabio Faustino dos Santos e Vanderson Antonio Zanotti (ambos do ES)
Cartão amarelo: Coutinho (Portuguesa)

Gols:
PORTUGUESA: Allan Dias, aos cinco, e Renan, aos 37 minutos do segundo tempo

PORTUGUESA: Tom; Arnaldo, Luciano Castán, Wagner e Regis; Coutinho, Rudnei, Gabriel Xavier e Allan Dias (Rondinelly); Serginho (Renan) e Romão (Caio)
Técnico: Marcelo Veiga

ATLÉTICO-GO: Márcio; Jonas, Artur, Adriano e Thiago Feltri; Renan Foguinho (Pedro Bambu), Marcus Winícius, Fábio Lima e Jorginho (André Luis); Juninho (Josimar) e Júnior Viçosa
Técnico: Marcelo Martelotte

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.