Tamanho do texto

Antes dele, Carlos Queiroz, García Remón, Luxemburgo, Juan Ramón López Caro, Fabio Capello, Bernd Schuster, Juande Ramos, Pellegrini e Mourinho viram seus planos frustrados

Foram muitos os treinadores que passaram pelo Real Madrid com a missão de conquistar a sonhada La Decima , mas foi Carlo Ancelotti quem alcançou o objetivo. O treinador italiano agora celebra o feito e analisa a vitória por 4 a 1 sobre o Atlético de Madri na final da Liga dos Campeões da Europa .

"Igualar a partida foi o mais difícil, sofremos muito. Tivemos espaço e o Atlético se defendeu muito bem. Tentamos com toda a energia possível e logo a partida mudou. O gol que marcamos nos deu muita força", ressalta o treinador, referindo-se ao tento marcado por Sergio Ramos aos 48 do segundo tempo.

Ali o Real Madrid conquistou a possibilidade de resolver a decisão na prorrogação e não deixou a oportunidade passar. Melhor fisicamente, tomou conta da partida e fez três gols com Bale, Marcelo e Cristiano Ronaldo. "Tentamos e conseguimos. Com dificuldade e sofrimento, mas acho que merecemos", resume Ancelotti.

Curiosamente, o técnico é o décimo a tentar conquistar La Decima . Antes dele, Carlos Queiroz, García Remón, Vanderlei Luxemburgo, Juan Ramón López Caro, Fabio Capello, Bernd Schuster, Juande Ramos, Manuel Pellegrini e José Mourinho viram seus planos frustrados. Ancelotti triunfou.

Ele já tinha levantado a taça duas vezes com o Milan, da Itália, nas temporadas 2002-03 e 2006-07. Com mais este título, se iguala ao lendário Bob Paisley, que até então era o único tricampeão continental por comandar o Liverpool nos anos 70 e 80.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.