Tamanho do texto

Torcedor rival morreu ao ser atingido por um vaso sanitário após o jogo entre Santa Cruz e Paraná no estádio

O Ministério Público de Pernambuco denunciou três torcedores do Santa Cruz por homicídio qualificado e por três tentativas de homicídio no caso da morte de Ricardo Gomes da Silva.

Confira classificação, tabela de jogos e artilharia da Série B do Campeonato Brasileiro

Ricardo, torcedor do Sport, foi morto nos arredores do Arruda ao ser atingido por uma privada arrancada de um dos banheiros localizados nos anéis superiores do estádio após o jogo entre Santa e Paraná Clube.

Waldir Pessoa Firmo Júnior, 34 anos, Luiz Cabral de Araújo Neto, 30 anos, e Everton Filipe Santana, 23, foram denunciados por homicídio qualificado. Além disso, a denúncia se estendeu a tentativas de homicídio: três no total, para cada torcedor ferido com os arremessos de vasos sanitários.

Os suspeitos já estão detidos, de forma preventiva e, se condenados, podem pegar a pena máxima permitida pela legislação brasileira, que é de 30 anos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.