Zagueiro passou por uma cirurgia no tornozelo esquerdo e a volta ao time na partida contra o Vitória

Réver, zagueiro do Atlético-MG, está recuperado e vai para o jogo
Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro
Réver, zagueiro do Atlético-MG, está recuperado e vai para o jogo

Com Leonardo Silva suspenso e Otamendi liberado para a seleção da Argentina, o técnico Levir Culpi terá que usar Réver no jogo desta quinta-feira, contra o Vitória, em Feira de Santana. O capitão do Atlético-MG passou recentemente por cirurgia no tornozelo esquerdo e ainda sente dores no local, por isso, ficou fora dos últimos jogos.

Com poucas opções para armar a defesa do Atlético-MG, o defensor, que estava em Belo Horizonte, se juntou à delegação que ficou em Cuiabá após o jogo contra o Santos e depois seguiu para o estado da Bahia para o confronto contra o Vitória. Réver garante que tem condições de jogar e afirma que a lesão foi um dos problemas que atrapalharam a convocação dele para disputar a Copa do Mundo.

"Acredito que a lesão que tive no tornozelo, com uma cirurgia e três meses sem jogar, tenha me prejudicado, já que eu estive na Copa das Confederações no ano passado. Fiquei triste pela situação, mas isso faz parte da nossa profissão. Agora é bola para frente e meu foco é exclusivo no Atlético-MG. Desejo sorte ao Felipão e à seleção na Copa do Mundo", disse.

Diante do Vitória é provável que Réver forme a defesa atleticana com Edcarlos. Além dos dois zagueiros, Levir Culpi poderá contar com alguns defensores formados na base do Galo: Jemerson, Gabriel e Donato - os dois últimos convocados de última hora para compor o banco de reservas nesta quinta-feira.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.