Paranaenses e mineiros estão empatados na tabela da Série B e ainda não engrenaram na competição

O Paraná Clube voltou a decepcionar a torcida na Série B do Campeonato Brasileiro e segue sem desencantar na Vila Capanema ao ficar no empate sem gols diante do Boa Esporte. Com o resultado, as duas equipes chegam aos cinco pontos e devem terminar a rodada em uma posição de intermediária para baixo.

Confira a classificação e os próximos jogos da Série B

O time mineiro deu o primeiro susto no goleiro Marcos logo no primeiro minuto, com Pedrinho invadindo a área e arrematando em cima do goleiro. A resposta veio em levantamento de Lúcio Flávio, aos quatro minutos, com a bola passando na frente de todo mundo na cara do gol. Aos cinco minutos, Gustavo aproveitou o cruzamento, mas testou pela linha de fundo.

Sem Giancarlo, o time tricolor perdeu poder de fogo, mas Gabriel Barcos desempenhava bem sua função com muita movimentação. Aos 15 minutos, o atacante fez jogada individual e chutou para fora. Aos 19 minutos, Lúcio Flávio arriscou de longe e a bola se perdeu após desvio na defesa. O Paraná tinha domínio das ações, mas tinha problemas na finalização.

Com dificuldade para penetrar na defesa mineira, Edson Sitta, aos 32 minutos, foi mais um a tentar um chute de longe e isolar a bola. Keno, então, tentou resolver sozinho aos 38 minutos, com uma bela jogada individual que terminou em chute perigoso pela linha de fundo. O Boa voltou a aparecer com algum perigo apenas aos 44 minutos, com Thiago cabeceando para boa defesa de Marcos.

Para a segunda etapa, a equipe mineira voltou com Karanga no lugar de Pedrinho. A partida era mais truncada e o Tricolor já não tinha tanto domínio. Aos nove minutos, Fábio Júnior aproveitou falha defensiva para dominar e chutar para grande intervenção de Marcos. O torço veio aos 14 minutos, com Breno tentando o cruzamento e acertando a trave.

O Boa cresceu e produção e assustava. Aos 23 minutos, Karanga recebeu na cara do gol e arrematou em cima de Marcos, que já era o grande personagem da partida. Aos 29 minutos, foi a vez de Fábio Júnior desviar na área e carimbar a defesa. O ritmo caiu, com as duas equipes sem qualidade para criar boas chances. Aos 37 minutos, Barcos recebeu de frente para a meta e chutou torto. A última grande chance paranista veio em cobrança de falta de Lúcio Flávio, aos 45 minutos, para defesa de Emerson.

Na próxima rodada, o Paraná Clube encara o Avaí, terça-feira, no Estádio da Ressacada, em Florianópolis. Já o Boa Esporte terá pela frente, no mesmo dia, o Luverdense, no Passo das Emas.

FICHA TÉCNICA
PARANÁ 0 X 0 BOA ESPORTE

Local : Estádio Durival Britto e Silva, em Curitiba (PR)
Data : 16 de maio de 2014, sexta-feira
Horário : 21 horas (de Brasília)
Árbitro : Marcos Mateus Pereira (MS)
Assistentes : Antônio Luiz Guimarães Lugo e Edmilson da Silva Rodrigues (MS)
Cartões amarelos : Gabriel Barcos, Lúcio Flávio e Anderson Rosa (Paraná); Moisés Ribeiro, Wallce e Thiago CarvalhO (Boa)

PARANÁ : Marcos; Carlinhos Miranda (Carlinhos), Gustavo, Anderson Rosa e Breno; Edson Sitta, Cambará, Lúcio Flávio e Henrique (Juliano Mineiro); Keno e Gabriel Barcos.
Técnico : Claudinei Oliveira

BOA ESPORTE: Emerson; Maranhão, Thiago Carvalho, Wallace e Moisés Ribeiro; Vinícius Hess, Malaquias e Betinho; Pedrinho (Karanga), Fábio Júnior e Bruno Aquino
Técnico : Nêdo Xavier

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.