Técnico tem procurado a melhor alternativa para a partida contra o Santos, domingo, na Arena Pantanal, em Cuiabá

Com um time inteiro de desfalques, o técnico Levir Culpi tem quebrado a cabeça para armar o Atlético-MG , que enfrenta o Santos, pela Série A, domingo, na Arena Pantanal, em Cuiabá. Nesta quinta-feira, o treinador comandou atividade tática e escalou a equipe no esquema 4-3-3. Rosinei e Carlos se revezaram entre os titulares, indicando dúvida na mente do comandante.

O time que iniciou o treinamento teve e seguinte formação: Victor; Alex Silva, Leonardo Silva, Otamendi e Emerson Conceição; Pierre, Leandro Donizete e Rosinei; Marion, Fernandinho e André. Com poucas opções na armação das jogadas, Levir escalou três volantes e três atacantes. Marion e Fernandinho um pouco mais recuados, com a responsabilidade de ajudar a criar as jogadas.

Veja como está a classificação do Campeonato Brasileiro

Peças importantes como Ronaldinho Gaúcho, Tardelli e Guilherme estão vetados pelos médicos do Galo. Mesmo com vários desfalques importantes, o volante Leandro Donizete avalia que o Atlético-MG tem condições de vencer o Peixe. Segundo ele, o time mineiro vem subindo de produção, o que aumenta a confiança em um bom resultado.

"O Santos vive um momento bom, tem uma molecada rápida, mas a gente está crescendo a cada jogo, é um campo neutro e vamos lá buscar a vitória. O Santos tem um time de qualidade, mas nossa equipe também está bem. É um campo grande, vai ter muito espaço e vamos buscar o resultado. Temos dois jogos difíceis fora de casa e vamos, no mínimo, buscar uma vitória e um empate", declarou.

O Atlético vai embalado para o jogo contra os paulistas, já que venceu o clássico contra o Cruzeiro no último fim de semana. O Peixe vem de uma boa vitória fora de casa, por 2 a 0, diante do Figueirense. O Galo é o 15º colocado, com quatro pontos conquistados.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.