Treinador do Corinthians foi irônico ao comentar a saída do colega, que ocupou o seu lugar na equipe carioca em 2013

Mano Menezes comentou bem ao seu estilo a demissão de seu sucessor no comando do Flamengo , Jayme de Almeida. O gaúcho é até hoje muito criticado por ter deixado o clube no ano passado e visto o carioca conquistar a Copa do Brasil e o Estadual. O mau início no Brasileiro , no entanto, causou nova mudança no comando rubro-negro. "Sobre a saída do Jayme, vou resumir em uma frase: nada com um dia depois do outro", afirmou Mano, atualmente comandante do Corinthians .

Confira a classificação atualizada, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

Na sequência, foi pedido ao treinador que elaborasse sua resposta e explicasse para quem especificamente era direcionada a resposta. "Para o futebol. Para as opiniões, para quem se apressa em dar opiniões e julgar. No futebol, é sempre bom esperar um pouquinho, porque depois vem outro dia e as coisas entram nos eixos", comentou.

Veja ainda: Liberado pela CBF para amistoso, Elias faz reestreia pelo Corinthians

As críticas feitas a Mano na temporada passada eram muito relacionadas à sua justificativa ao pedir demissão - não estar conseguindo passar suas mensagens aos atletas. Jayme conseguiu, até certo ponto, mas também saiu. E não por uma escolha própria.

"É a parte natural do futebol como ele é. Às vezes, os técnicos vão entender que não devem ficar. Em outros momentos, o que é mais comum, os clubes vão entender isso e demitir seus técnicos. E ninguém tem que ficar magoado. Por isso que disse: nada melhor do que um dia depois do outro", repetiu o gaúcho.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.