Vitória por por 2 a 0 em casa garantiu o título nacional com dois pontos de vantagem para o vice-líder Liverpool

O Manchester City precisava apenas de um empate para garantir o título do Campeonato Inglês. Neste domingo, a equipe do técnico Manuel Pellegrino derrotou o West Ham por 2 a 0 em casa e levantou a taça do torneio nacional pela quarta vez na história.

O primeiro tempo foi dominado pelo City, que inaugurarou o marcador aos 39 minutos com Nasri. Enquanto isso, os adversários visitantes apenas se defendiam e esperavam a oportunidade para encaixar o contra-ataque.

Capitão do Manchester City, o zagueiro Kompany levanta a taça de campeão inglês
Darren Staples/Reuters
Capitão do Manchester City, o zagueiro Kompany levanta a taça de campeão inglês


Após o intervalo, o Manchester ampliou o marcador logo aos quatro minutos com Kompany. O West Ham já não tinha mais o que fazer e, sem lutar por nada na competição, só acompanhavam a partida com os adversários se defendendo o quanto podiam.

Liverpool faz sua parte, mas fica com o vice do Campeonato Inglês

Com o resultado, o City chegou aos 86 pontos e venceu o Campeonato Inglês pela quarta vez na história - outros foram em 1937, 1968 e na temporada 2011-2012. Já o West Ham ficou com 40 e desceu para a 13ª posição na tabela de classificação do torneio nacional.

O jogo

Em busca do título inglês com vitória, o City iniciou a partida pressionando os adversários. Aos 10 minutos do primeiro tempo, Zabaleta cruzou da direita, a bola passou por todos até chegar em David Silva, que bateu de primeira, mas a bola passou por cima do gol de Adrián.

Nasri e Zabaleta comemoram o primeiro gol do City diante do West Ham
Alex Livesey/Getty Images
Nasri e Zabaleta comemoram o primeiro gol do City diante do West Ham

Enquanto isso, o West Ham tentou apertar a marcação para chegar ao contra-ataque, mas o Manchester estava impossível. Aos 17 da etapa inicial, Aguero arriscou de fora da área, à longa distância, mas o goleiro adversário conseguiu fazer a defesa no meio do gol.

Veja como ficou a classificação do Campeonato Inglês

Aproximadamente aos 23 minutos do primeiro tempo, os torcedores do City vibraram como se tivessem visto um gol da equipe. O Newcastle tinha aberto o placar sobre o Liverpool, com um gol contra de Skrtel. Assim, o título estava cada vez mais próximo.

o City só pensava em inaugurar o marcador. Aos 24, Koralov tentou o tiro de fora da área e o goleiro teve que se esticar para conseguir fazer uma bela defesa.

O gol, então, saiu aos 39 minutos do primeiro tempo. Yaya Toure tocou para Nasri, que limpou o lance e bateu cruzado da entrada da área; a bola ainda bateu na trave mas foi para o fundo das redes do West Ham, para a alegria da torcida que acompanhava a partida do City of Manchester. Ainda antes do intervalo, o City quase ampliou o placar. Aos 46 da etapa inicial, Nasri cobrou escanteio rápido para Yaya Touré. O jogador marfinense tocou para David Silva na entrada da pequena área, o espanhol finalizou, a bola bateu em Carroll e estourou no travessão.

Na volta dos vestiários, os anfitriões queriam ser campeões e ter o melhor ataque da história do futebol inglês. Após cobrança de escanteio aos quatro minutos do segundo tempo, Dzeko desviou e a bola sobrou para Kompany que, livre, só empurrou a bola para o fundo da redes. Faltava apenas um gol para o novo recorde.

Logo depois, aos nove minutos da etapa complementar, Nasri finalizou de fora da área e o goleiro Adrián teve que fazer a defesa em dois tempos. Aos 17, David Silva puxou contra-ataque e abriu para Zabaleta na direita; o argentino cruzou na medida para Aguero, que cabeceou por cima do travessão.

O West Ham já não tinha mais o que fazer, estava se defendendo, esperando pelo apito final do árbitro. Já o City não estava satisfeito com o placar. Aos 33 minutos do segundo tempo, Yaya Touré executou belo passe e deixou Nasri na cara do gol; o francês chutou forte, porém no meio e, então, o arqueiro defendeu.

A partida terminou com o Manchester atacando sem parar, empolgando cada vez mais os torcedores no estádio City of Manchester. Quando o juíz apontou para o meio de campo e soprou o apito, o clima de festa tomou conta. A Inglaterra tinha um novo campeão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.