Tamanho do texto

Com histórico de doença no coração, Willie tem de passar por exames de três em três meses e, por esse motivo, o clube catarinense decidiu não contratá-lo

A chegada de Willie resolveria parcialmente a escassez de atacantes no elenco do Figueirense , mas o jogador acabou dispensado do clube antes mesmo de estrear. O atleta chegou a ter seu nome publicado no BID (Boletim Informativo Diário), mas foi devolvido ao Vitória após devido aos seus problemas cardíacos.

De acordo com Rodrigo Pastana, superintendente de esportes do clube, a decisão de cancelar o empréstimo foi tomada por conta do histórico médico do atacante.

"O Willie não vai ficar. Teve um problema no coração e tem que fazer um exame que é de três em três meses. Ele não fica no clube, vai voltar para o Vitória", cravou o dirigente em entrevista à Rádio Figueira na última quinta-feira.

Com a saída de Willie, o Figueirense é obrigado a voltar a procurar atacantes no mercado. Além disso, a procura por um lateral esquerdo continua após a saída de Marquinhos Pedroso.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.