Tamanho do texto

Arena das Dunas recebeu as duas torcidas de Natal e quem sorriu foi a metade alvinegra. Atacante marcou duas vezes

Usado como único teste da Arena das Dunas para a Copa do Mundo, o primeiro clássico potiguar da Série B do Campeonato Brasileiro foi alvinegro. Embalado com a conquista do Estadual na última semana, o América-RN, como mandante, recebeu o ABC na tarde deste sábado e viu um experiente atacante definir o resultado. Com dois gols no segundo tempo, Dênis Marques garantiu a vitória do ABC, por 2 a 0, fazendo a festa de sua torcida em um dos palcos do Mundial.

Veja a classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias da Série B do Brasileirão

Depois de um primeiro tempo bastante equilibrado, com o América-RN até superior, o ABC acionou a experiência de seu atacante para garantir a vitória logo no início da etapa complementar. Em jogada individual, Dênis Marques inaugurou o marcador aos 12. Sete minutos mais tarde, o atacante recebeu um passe açucarado de Samuel e apenas desviou para o fundo das redes.

Com a vitória deste sábado, o ABC manteve a invencibilidade na Série B, chegou aos sete pontos somados e assumiu a terceira colocação. O América-RN, por sua vez, caiu para o 11º lugar, com apenas três pontos ganhos. Na próxima rodada, o Dragão recebe o Atlético-GO, novamente na Arena das Dunas. O Mais Querido, por sua vez, visita a Ponte Preta no estádio Moisés Lucarelli.

O jogo - No único evento-teste da Arena das Dunas para a Copa do Mundo, o clima foi de bastante tensão nos arredores do estádio antes mesmo do início da partida. Após confronto com a Polícia Militar, 39 torcedores do ABC foram presos. Dentro de campo, porém, o cenário foi tranquilo. Em fase de treinamento, os voluntários trataram o clássico potiguar como um jogo do Mundial, prezando pela organização das torcidas rivais nas arquibancadas.

Com a bola rolando, a partida foi bastante equilibrada desde os minutos iniciais. Mandante do clássico, o América-RN tomou a iniciativa no começo, ficando perto de marcar já aos nove do primeiro tempo, quando Arthur Maia bateu cruzado por cima do gol. Mais tarde, Isac também chegou com perigo e parou no goleiro Gilvan. Sem conseguir marcar, porém, o Dragão permitiu com que o ABC crescesse no jogo, passando a ter mais presença no campo ofensivo.

Ao longo dos 45 minutos do primeiro tempo, no entanto, os dois times erraram muito no momento de finalizar as jogadas, permanecendo o empate sem gols até o intervalo. Na volta da etapa complementar, a história foi diferente, e um experiente jogador do ABC fez a diferença, garantindo a vitória do Mais Querido na Arena das Dunas. Dúvidas antes da partida, o atacante Dênis Marques mostrou competência quando foi acionado.

Para garantir a festa da torcida alvinegra em um dos palcos da Copa do Mundo, o jogador do ABC balançou as redes aos 12 minutos do segundo tempo. Dênis Marques recebeu o passe na esquerda, dividiu com a marcação, ganhou no corpo, cortou o zagueiro e bateu colocado, tirando qualquer possibilidade de defesa do goleiro Fernando Henrique. Na comemoração, o atacante subiu as escadas de acesso à arquibancada para ficar mais perto da torcida e recebeu o cartão amarelo.

A advertência da arbitragem não foi problema. Com a vantagem no marcador, o ABC, que já havia equilibrado o jogo no primeiro tempo, passava a ser melhor do que o América-RN, o que não demorou a ser convertido em gol mais uma vez. Enquanto a torcida do ABC ainda comemorava o primeiro, Samuel fez bela jogada pela esquerda, aos 19 minutos, e cruzou para Dênis Marques. O atacante teve o trabalho de tocar com a perna esquerda e definir o resultado na Arena das Dunas.

FICHA TÉCNICA
AMÉRICA-RN 0 X 2 ABC-RN

Local: Arena das Dunas, em Natal (RN)
Data: 3 de maio de 2014, sábado
Horário: 16h20 (de Brasília)
Árbitro: Francisco Carlos do Nascimento (Fifa-AL)
Assistentes: Carlos Jorge Titara da Rocha e Otávio Correia de Araújo Neto (ambos de AL)
Cartões Amarelos: Edson Rocha, Márcio Passos, Isac (América-RN), Luciano Amaral, Patric, Dênis Marques e Daniel Amora (ABC)
Gols: ABC: Dênis Marques, aos 12 e aos 19 minutos do segundo tempo

AMÉRICA-RN: Fernando Henrique; George Lucas (Adriano Pardal), Cleber, Edson Rocha e Wanderson; Márcio Passos, Jean Cléber, Fabinho e Arthur Maia (Walber); Daniel Costa (Rodrigo Pimpão) e Isac
Técnico: Oliveira Canindé

ABC-RN: Gilvan; Patrick, Suéliton, Samuel e Luciano Amaral; Michel Schmoller, Daniel Amora, Liel (Octávio) e Somália (Xuxa); Gilmar (João Henrique) e Dênis Marques
Técnico: Zé Teodoro

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.