Tamanho do texto

Com a vitória, Elche alcança 39 pontos, assume a 14ª posição e abre seis de distância da zona de rebaixamento do campeonato

Em jogo violento, no Estádio La Rosaleda, em Málaga, o Elche conseguiu bater os donos da casa, por 1 a 0, em jogo válido pela 36ª rodada do Campeonato Espanhol. O gol foi anotado ainda no primeiro tempo pelo meia Rodrigues, que chutou de longe para marcar. Com a vitória, os visitantes chegam a 39 pontos, assumem a 14ª posição do Espanhol e abrem seis de distância da zona de rebaixamento. Já o Málaga fica estacionado na 13ª colocação com 41 pontos e não aspira classificação aos torneios europeus.

Veja a classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Espanhol

Na próxima rodada, que acontece toda no próximo domingo, às 12 horas, o Elche recebe o Barcelona. Já o Málaga vai a Madrid, enfrentar o Atlético.

O jogo - Mais necessitado de uma vitória, o Elche começou a partida a todo vapor. Logo aos dez minutos, em uma saída de bola errada dos mandantes, o meia Coro aproveitou e quase abriu o marcador em Málaga. O que não demoraria muito para acontecer. Um minuto depois, o ponta esquerda Rodrigues acerta, de primeira, uma bomba de fora da área e fez 1 a 0 Elche.

Após o susto, o Málaga acordou para o jogo e conseguiu equilibrar as ações ofensivas. Aos 17, o atacante paraguaio Roque Santa Cruz recebe lindo passe, e livre, chuta no canto esquerdo do goleiro Herrera, que pula e consegue espalmar para escanteio. Essa foi a melhor chance dos donos da casa em todo primeiro tempo, que viria a terminar com o Málaga tocando a bola em busca de uma boa chance de gol, a qual não veio.

A segunda etapa mostrou que o Elche faria de tudo pela manutenção do resultado e, para isso, abusaram de faltas violentas como forma de parar as jogadas do Málaga. Mas a punição não viria a tardar. O zagueiro Botia deu entrada violenta em Roque Santa Cruz e foi expulso. O goleiro reserva Toño reclamou da arbitragem e também acabou indo mais cedo aos vestiários.

Mesmo dominando a posse de bola, as melhores oportunidades foram dos visitantes, que buscavam os contra ataques. Aos 29, o Elche perdeu a chance de matar o jogo. O volante Sanches subiu sozinho e testou para boa defesa do goleiro Caballero.

O fim do jogo foi marcado pela forte retranca do Elche, que soube marcar os meias criativos do Málaga. Os mandantes pressionavam, porém não conseguiram assustar a meta do goleiro Herrera. Aos 52 minutos o árbitro soou o apito para a festa e alívio de torcedores e jogadores do Elche, que ainda respiram na primeira divisão espanhola.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.