Tamanho do texto

Promessa era de que todas atividades fossem concluídas em 30 de abril. Maio começa com homens trabalhando no feriado

A Odebrecht, responsável pela obra do estádio do Corinthians em Itaquera, se acostumou a adiar a data de entrega da arena. O último prazo para que toda a atividade na área de responsabilidade da empresa fosse concluída não foi respeitado. Em 15 de abril, dia em que mesmo inacabado , o estádio foi entregue ao Corinthians, o diretor de contratos da construtora, Antonio Gavioli, disse ao iG que até o dia 30 todas as atribuições da Odebrecht no estádio estariam concluídas

Nesta quinta-feira, 1º de maio, no evento de festa para operários no estádio, estava claro que mesmo o que é de responsabilidade da Odebrecht não está pronto. O revestimento da cobertura do estádio não foi concluído e algumas áreas internas, como uma área ao lado de um dos portões de entrada do estádio, ainda não foi finalizada. 

Autor do primeiro gol da Arena Corinthians jogou na base do Palmeiras

Arena Corinthians a 42 dias da abertura da Copa do Mundo. Área interna ao lado de um dos portões de entrada do estádio
Bruno Winckler/iG
Arena Corinthians a 42 dias da abertura da Copa do Mundo. Área interna ao lado de um dos portões de entrada do estádio

Estas são atribuições da Odebrecht, que não se responsabiliza por todas construções necessárias para a Copa do Mundo, como as arquibacandas provisórias e as cadeiras da arquibancada central superior, bem como área de imprensa e construções nos arredores do estádio. 

A Fast Engenharia é quem constrói as arquibancadas provisórias que vão ampliar para 68 mil lugares a capacidade do estádio. Segundo a empresa elas estarão concluídas em 15 de maio, três dias antes da abertura oficial do estádio na partida entre Corinthians e Figueirense pelo Campeonato Brasileiro. Até lá a Odebrecht também espera concluir os últimos trabalhos. A abertura da Copa será em 12 de junho, com Brasil e Croácia. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.