Tamanho do texto

Ainda questionado por parte da torcida e da imprensa, atacante acredita que a temporada serviu para aprender muitas coisas

Craque da Seleção Brasileira e grande esperança dos torcedores para a Copa do Mundo, Neymar ainda se recupera da lesão sofrida no quarto metatarso do pé esquerdo, durante a derrota do Barcelona para o Real Madrid na final da Copa do Rei, há duas semanas. Em evento realizado nesta quarta-feira, o ex-santista reforçou a vontade de atuar no último jogo do Campeonato Espanhol, contra o Atlético de Madri, dia 18 de maio.

"Se tiver possibilidade de ajudar a equipe, farei isso. Temos que lutar até o final. A esperança é a última que morre. Se a gente tiver 1% de chances de ganhar o título, precisamos acreditar", declarou o atacante em entrevista reproduzida pelo jornal Mundo Deportivo

Neymar, atacante do Barcelona
Daniel Tejedor/AP
Neymar, atacante do Barcelona

Ainda questionado por parte da torcida e da imprensa, Neymar acredita que esta temporada lhe serviu para aprender "muitas coisas".

"Vim de outro país, de outro futebol, era uma situação totalmente nova para mim. Tive que me adaptar pessoalmente, ainda que tenha aprendido muito profissionalmente também. Espero que isso me sirva para dar muito mais e que na próxima temporada obtenhamos muitos êxitos", afirmou.

O jogador negou que tenha se abalado pela pressão e os insucessos na temporada, como a eliminação na Liga dos Campeões e o vice-campeonato da Copa do Rei.

"Sinto-me relaxado. Na vida, nem tudo é fácil, às vezes há manhãs boas, e outras nem tanto. Há pouco, perdemos a final da Copa do Rei. Não é uma sensação boa, mas temos que aprender com tudo. Quando você se sente triste, tem que levantar a cabeça e continuar sorrindo", completou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.