Tamanho do texto

Clube será julgado pelo STJD por ter abandonado a partida contra a Joinville. Lusa pode ser excluída da Série B ou sofrer rebaixamento automático para a terceira divisão

Jogadores da Portuguesa retornam ao vestiário após ordem judicial paralisar partida contra o Joinville
Gazeta Press
Jogadores da Portuguesa retornam ao vestiário após ordem judicial paralisar partida contra o Joinville

A Portuguesa já tem seu julgamento com data marcada. O  STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) indicou a próxima quarta-feira, como o dia decisivo para julgar o abandono dos comandados do treinador Argel Fucks no jogo contra o Joinville, pela Série B. As punições poderão ser severas, como a exclusão do clube da competição e automático rebaixamento à Série C. O dia será, também, marcado pela convocação da seleção brasileira para a Copa do Mundo.

Penalidades essas que estão baseadas no artigo 205 do CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva), que se refere a abandono. E, também, no artigo 69 da Fifa, o qual indica rebaixamento a quem manipular, de qualquer maneira, o resultado de uma partida.

Não será só a Portuguesa alvo de punição. O técnico Argel, segundo a procuradoria agiu contra a ética desportiva, será enquadrado no artigo 243-A. O presidente da Lusa, Idílio Lico, e o filho Marcos Lico também serão denunciados pelo mesmo motivo. Marcos ainda terá que responder o artigo 258-B, por ter invadido a área específica para o trio de arbitragem. Os três poderão ser suspensos.

Aos 17 minutos do primeiro tempo, os jogadores da Portuguesa abandonaram o campo de jogo. A direção do clube paulista alega que uma liminar concedida a um torcedor na Justiça de São Paulo impedia que a equipe disputasse a partida.

No entanto, o STJ (Superior Tribunal de Justiça), indica a 2ª Vara Cível do Rio como única instância capaz de cuidar da decisão sobre a queda da Portuguesa na Série A de 2013. O clube também terá de responder pela perda do valor dos ingressos da partida contra o Joinville, já que o dinheiro teve de ser devolvido.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.