Tamanho do texto

Mais de 36 mil pessoas assistiram Corinthians e Fla no Pacaembu, mas públicos ruins em outras duas partidas fazem média despencar em comparação à rodada inicial do Brasileiro

A segunda rodada do Brasileiro teve casa cheia e estádios quase às moscas. O Pacaembu ficou lotado para Corinthians e Flamengo , mas os públicos decepcionantes nas partidas entre Figueirense e Bahia e Goiás e Criciúma fizeram com que a média despencasse para 11.616 torcedores por partida, em relação à 1ª rodada do Campeonato Brasileiro , que teve 15.192.

Veja as melhores imagens da 2ª rodada do Campeonato Brasileiro:


A vitória do Corinthians por 2 a 0 sobre o Flamengo, no Pacaembu, marcou a despedida do time do estádio. A Arena Corinthians, será a nova casa da equipe paulista e o adeus do torcedor ao palco de vários títulos corintianos impulsionou as vendas. A torcida marcou presença, e o Pacaembu teve o maior público do Brasileirão até o momento, 36.402 pagantes. 

Em seguida, veio o público da partida entre Cruzeiro e São Paulo , em Uberlândia, que terminou empatada por 1 a 1. No Parque do Sabiá, 17.530 pessoas acompanharam o jogo do atual campeão brasileiro contra a equipe que possui seis títulos nacionais.

As partidas entre Coritiba e Santos (12.354) e Palmeiras e Fluminense (11.189) tiveram público um pouco superior na média final da rodada. Mas a decepção veio nas cinco outras partidas, que não atingiram a margem de 10 mil pagantes. 

Envolvidos no mata-mata da Libertadores, Grêmio e Atlético-MG levaram 9.245 pessoas a Arena Grêmio. No Rio de Janeiro, nem a estreia de Emerson Sheik empolgou o torcedor do Botafogo, e o empate por 2 a 2 diante do Inter, foi assistido por 7.954. Já na Bahia, o jogo entre Vitória e Atlético-PR teve 4.953 pessoas.

O pior veio nas partidas entre Goiás e Criciúma, que foi acompanhada por apenas 2.090 pagantes, e Figueirense e Bahia, assistida por míseras 777 pessoas. 

Mesmo com a queda de público na segunda rodada, com 11.616 torcedores de média, a estatística ainda supera a mesma rodada do Brasileiro do ano passado, quando 8.182 compareceram aos estádios pelo Brasil. 



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.