A dificuldade de atuar na casa casa do rival pautou as explicações dadas pelo comandante santista após a partida

Oswaldo de Oliveira, técnico do Santos
Leandro Martins/Futura Press
Oswaldo de Oliveira, técnico do Santos

O técnico do Santos , Oswaldo de Oliveira, avaliou positivamente o segundo empate do time no Campeonato Brasileiro, conquistado neste sábado contra o Coritiba. A dificuldade de atuar na casa casa do rival pautou as explicações dadas pelo comandante santista após a partida.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Brasileirão

"Sempre temos a pretensão de vencer, mas sabemos que jogar aqui é muito difícil. Foi um jogo muito pegado, com muita marcação, muitas faltas. Pelas circunstâncias, se não conseguimos a vitória, não perdemos. Não é de todo o mal", disse Oswaldo.

Para o treinador, a baixa criatividade do setor ofensivo santista neste sábado atinge todas as equipes que disputam o Campeonato Brasileiro. "É a dificuldade que eu vi todos os times, pelo menos na semana passada, terem. Assisti a todos os jogos da primeira rodada, e nenhum time foi tão efetivo como o Santos no ataque. No primeiro jogo, criamos muitas oportunidades, poderíamos ter vencido. Hoje (sábado), tivemos poucas, mas conseguimos criar boas situações também", afirmou.

A delegação santista retorna para Santos nesta noite. Como aconteceu após o empate contra o Sport, Oswaldo de Oliveira terá uma semana para treinar a equipe, já que o compromisso seguinte, contra o Grêmio, na Vila Belmiro, pela terceira rodada do Brasileiro, será apenas no próximo sábado.

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.