A entrada de Alan Santos avança o posicionamento de Cícero, que passa a jogar como armador, e desloca Gabriel para ponta

Alan Santos, volante do Santos
Ivan Storti/Divulgação Santos FC
Alan Santos, volante do Santos

No último treino antes do jogo contra o Coritiba, que será disputado no estádio Couto Pereira, às 18h30 (de Brasília) deste sábado, o técnico Oswaldo de Oliveira promoveu uma mudança em relação à equipe que vinha treinando durante a semana. O atacante Geuvânio deu lugar ao volante Alan Santos.

Com a substituição, Oswaldo pretende fortalecer o meio de campo santista. A entrada de Alan Santos avança o posicionamento de Cícero, que passa a jogar como armador, e desloca Gabriel para atuar na ponta direita, posição ocupada por Geuvânio.

Sem Neto, que sofreu lesão muscular na coxa direita e ficará fora por cerca de duas semanas, Oswaldo voltou a escalar Jubal ao lado de David Braz na zaga. O volante Arouca, com um incômodo na coxa esquerda, e o lateral esquerdo Mena, que está com o tendão de Aquiles inflamado, são dúvidas para a partida.

Se esta escalação for mantida para a partida deste sábado, Geuvânio ficará pela primeira vez no banco de reservas nesta temporada. Autor de 13 assistências e sete gols marcados, a revelação do Campeonato Paulista vem sendo criticado desde a semifinal do Estadual, contra o Penapolense.

Modificado se comparado ao time que estreou no Brasileiro contra o Sport, no último domingo, o Santos irá a campo com: Aranha, Cicinho, Jubal, David Braz e Emerson; Alan Santos, Alison e Cícero; Gabriel, Thiago Ribeiro e Leandro Damião.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.