Tamanho do texto

"Mal posso esperar até lá, quanto finalmente estaremos indo para o Old Trafford. Sei que estará vibrante", avaliou o galês

Escolhido como treinador interino após a demissão de David Moyes do comando do Manchester United, Ryan Giggs se mostrou muito orgulhoso com a oportunidade em suas primeiras palavras como técnico. O galês acumulará o cargo com a função de jogador do clube até o final desta temporada. O ex-volante Paul Scholes será seu auxiliar.

Manchester United anuncia demissão de David Moyes, e Giggs assume interinamente

"Só queria dizer o quanto estou orgulhoso de treinar por quatro jogos o clube pelo qual sempre torci e no qual estive associado a ele ao longo de 26 anos. É o momento de maior orgulho da minha vida. Este clube é grande parte de mim desde quando eu tinha 14 anos", disse o emocionado Giggs.

Ryan Giggs treinará o Manchester United
AP
Ryan Giggs treinará o Manchester United

O treinador-jogador ainda revelou muita ansiedade para sua estreia no comando do Manchester, que será diante do Norwich no sábado, às 13h30 (de Brasília), em pleno Old Trafford.

"Mal posso esperar até lá, quanto finalmente estaremos indo para o Old Trafford. Sei que o estádio estará vibrante. Disse aos jogadores que confiassem neles mesmo e que sabiam do que eram capazes. Estou orgulhoso, feliz e um pouco nervoso, da mesma forma que era quando eu só era jogador", afirmou o galês.

Atleta com mais jogos na história do clube, dentre outros inúmeros recordes, Giggs, de 40 anos, ressaltou que não pretende parar de jogar, apesar do envolvimento como treinador ser maior nas próximas semanas. "Recentemente, eu dei um contrato cinco anos a mim mesmo, então pretendo usar minhas forças enquanto puder. Não fiz muita coisa essa semana, mas ainda estou envolvido como jogador e treinei regularmente", garantiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.