Tamanho do texto

O lateral-direito Auro, de 18 anos, é mais uma promessa das categorias de base do clube a ter espaço no grupo principal

Auro, lateral-direito do São Paulo
Site Oficial/saopaulofc.net
Auro, lateral-direito do São Paulo

A escalação de Boschilia como titular do São Paulo nos últimos jogos anima os jogadores da mesma geração. Além de Ewandro, que também já teve chances, outro talento recém-promovido da base começa a ganhar espaço no grupo principal de Muricy Ramalho.

Trata-se de Auro, de também 18 anos. O lateral-direito, promovido logo depois do empréstimo de Lucas Farias, tem treinado no CT da Barra Funda há cerca de duas semanas, período no qual, ao lado de jogadores consagrados (como Rogério Ceni, Paulo Henrique Ganso, Alexandre Pato e Luis Fabiano), já pôde notar diferenças.

Luis Fabiano faz trabalho físico em tarde de folga do São Paulo

"Treinar com eles tem sido uma experiência muito boa, porque são grandes jogadores. É diferente, porque eles são mais cadenciados. Os treinos sãos mais rígidos, porque o comprometimento é outro", disse a promessa ao site do clube.

Mas é com antigos companheiros que Auro tem passado a maior parte do tempo, em seus primeiros dias como profissional. "Fico mais com o Boschilia, Ademilson e Ewandro, porque também subiram da base, e eu já tinha contato com eles", explica.

Técnico do São Paulo reprova Rodrigo Caio, mas põe culpa maior em cansaço

Apesar de novo, Auro é velho conhecido da comissão técnica de Muricy Ramalho. Desde que voltou ao clube, o treinador faz semanalmente um jogo-treino contra equipes inferiores do clube e já tinha positivas recomendações a seu respeito. A presença de três laterais direitos no grupo (Douglas, Luis Ricardo e Lucas Farias), no entanto, não permitia que ele fosse promovido ou melhor testado.

Na temporada passada, o lateral direito fez parte da geração sub-17 campeã da Copa do Brasil que revelou, entre outros, também o meia Boschilia e o atacante Ewandro. Ao lado deles, também disputou o Mundial da categoria, nos Emirados Árabes, e a Copa São Paulo de Futebol Júnior.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.