Tamanho do texto

Time gaúcho foi derrotado pelo San Lorenzo por 1 a 0 no jogo de ida das oitavas de final da Libertadores

O Grêmio voltou vivo de Buenos Aires, segundo seus próprios jogadores. A derrota por 1 a 0 para o San Lorenzo, nesta quarta-feira, não define o confronto pelas oitavas de final da Libertadores, de acordo com a avaliação após a partida no Nuevo Gasómetro.

Com gol no segundo tempo, Grêmio acaba derrotado pelo San Lorenzo

"O time foi bem, tivemos chances de fazer o gol. Agora tem o jogo de volta, precisamos descansar, pois esse 1 a 0 dá para tirar na quarta. Tenho certeza que em casa a gente vai conseguir reverter", afirmou o atacante Dudu, um dos melhores do Grêmio nesta quarta.

Gremista Pará sofre com a marcação no duelo com o San Lorenzo pela Libertadores
AP
Gremista Pará sofre com a marcação no duelo com o San Lorenzo pela Libertadores

"O resultado é ruim, a queria que fosse melhor, mas a Libertadores é assim. Agora, em casa, é fazer um caldeirão na Arena para buscarmos a classificação", analisou o volante Edinho.

O goleiro Marcelo Grohe também vê o confronto como indefinido: "infelizmente nós fomos castigados mais uma vez, mas está tudo em aberto. É possível a gente reverter, temos totais condições. Temos que unir as forças em casa, o 1 a 0 é perigoso, mas a Arena vai lotar e nos empurrar para essa classificação", afirmou o camisa 1.

A derrota para o San Lorenzo foi a primeira do Grêmio na Libertadores, e a terceira seguida na temporada. A partida de volta, quarta que vem, na Arena, começa às 22h. Antes, no domingo, o Tricolor receberá o Atlético-MG, pelo Brasileirão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.