Foi no estádio municipal que o goleiro do Corinthians parou chute cara a cara do então vascaíno Diego Souza nas quartas de final da Libertadores de 2012

Ainda que vá voltar a jogar no Pacaembu, o Corinthians fará no domingo sua última partida por lá antes da inauguração de seu estádio em Itaquera. Em clima de despedida da casa alugada, Cássio recordou seus grandes momentos no local onde viveu aquele que considera o lance mais importante de sua carreira: a defesa no chute cara a cara do vascaíno Diego Souza nas quartas de final da Copa Libertadores de 2012.

Cássio salvou o Corinthians na Libertadores de 2012 ao defender chute cara a cara com Diego Souza, do Vasco
AP
Cássio salvou o Corinthians na Libertadores de 2012 ao defender chute cara a cara com Diego Souza, do Vasco

"É sempre bom relembrar coisas boas, e aquilo vai ficar sempre marcado. Posso fazer grandes defesas ainda, mas essa vai ser a maior da minha carreira. Foi muito legal", afirmou o goleiro..

O lance poderia significar a eliminação corintiana, mas a bola não entrou. Paulinho ainda marcou do outro lado e o time do Parque São Jorge seguiu invicto sua trajetória rumo ao até ali inédito título sul-americano.

O troféu da Libertadores foi erguido também no Pacaembu, em uma vitória por 2 a 0 sobre o Boca Juniors. Aquela noite de 4 de julho também tem lugar no coração do arqueiro, que ganhou a posição durante a competição e foi campeão em preto e branco pela primeira vez.

"Foi uma das maiores conquistas, minha pessoalmente e da nação corintiana. Era meu começo no clube e o primeiro grande título da minha carreira. O título foi muito legal e não tem como falar daquela defesa contra o Vasco, porque eu estava me firmando e ajudou muito. São momentos importantes", comentou.

Cássio conta com casa cheia no domingo, contra o Flamengo, para acrescentar mais uma boa lembrança do estádio municipal paulistano. "Nossa arena está muito bonita. Vamos pensar nela e tentar ser feliz lá também, mas vai ficar um carinho e um respeito pelo Pacaembu. Vou sempre ter carinho pelo Pacaembu".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.