Vitória fora de casa por 3 a 2 deixou a equipe mais perto do título do Campeonato Inglês a três rodadas do fim

O Chelsea já havia perdido em casa neste sábado para o Sunderland . Assim, uma vitória sobre o Norwich levaria o Liverpool a abrir cinco pontos de vantagem liderança do Campeonato Inglês. E foi exatamente o que aconteceu. Os líderes da competição venceram por 3 a 2 e dispararam na ponta.

Leia também:  Com dois de Podolski, Arsenal vence Hull City fora de casa e reafirma vaga no G4

Lucas Leiva comemora com Sterling o gol do Liverpool diante do Norwich
Stefan Wermuth/Reuters
Lucas Leiva comemora com Sterling o gol do Liverpool diante do Norwich


Para garantir mais um triunfo - o 25º no torneio -, o Liverpool contou com mais uma atuação inspirada de seu ataque, que nem estava completo. O titular Luis Suárez, artilheiro do Inglês, fez o seu. Sterling, substituto de Sturridge, marcou duas vezes. Hooper e Snodgrass descontaram para o Norwich.

Agora, o ataque do Liverpool alcança 96 gols na temporada e chega a uma nova marca: pela primeira vez desde 1964 - quando o time foi campeão -, dois atacantes da equipe marcam, juntos, ao menos, 50 gols. Suárez fez o seu 30º neste domingo, enquanto Sturridge já soma 20.

Em um Campeonato Inglês cheio de pequenas finais, o Liverpool tem mais uma na rodada seguinte, diante do Chelsea, em casa, e mesmo com derrota a chance da conquista ainda é grande. O time treinado por Brendan Rodgers precisa conquistar sete pontos em três jogos, sem depender de tropeços rivais, para conquistar um título que não vem há 24 anos.

A taça pode vir até vir no próximo sábado, caso o Manchester City perca para o West Bromwich, nesta segunda, e o Liverpool derrote o Chelsea.

Veja a tabela completa e a classificação do Campeonato Inglês

O Norwich, por sua vez, também tem sua própria decisão, não em duelo direto, porém. A equipe, que luta contra o rebaixamento, e está na 17ª posição, encara o Manchester United longe de seus domínios, podendo terminar a próxima rodada na zona do descenso.

O jogo

Mesmo como visitante, o time do Liverpool teve um início arrasador. Aos quatro minutos de jogo, Phillipe Coutinho deu passe para Sterling, que dominou, passou por um marcador e bateu forte para estufar as redes, inaugurando o marcador.

Seis minutos depois o placar já anotava 2 a 0 para o Liverpool. Isto porque Suárez aproveitou cruzamento de Sterling para fazer o segundo e dar tranquilidade aos visitantes.

Goleiro do Liverpool, Mignolet falha e Norwich marca
Stefan Wermuth/Reuters
Goleiro do Liverpool, Mignolet falha e Norwich marca

Depois do início impetuoso, o Liverpool, mais preocupado em garantir o triunfo que em golear. E os anfitriões cresceram na partida. Mignolet chegou a evitar um gol quase certo do Norwich, ainda na primeira etapa.

O panorama não mudou na volta para o segundo tempo e os donos da casa continuaram em cima. Aos oito minutos, após cruzamento da direita, Mignolet e Skrtel se atrapalharam e a bola sobrou para Hooper diminuir.

O gol empolgou o time da casa. No entanto, em um lance de ataque, Johnson tocou errado. Sterling ficou com a bola e disparou em velocidade. Na entrada da área, ele cortou um zagueiro e bateu. Johnson, que voltou para desfazer o erro, desviou o chute e a bola subiu, encobrindo o goleiro Rudy: 3 a 1.

Apostando nas jogadas de bola aérea, o Norwich continuou a pressão. Aos 31 minutos, Redmond cruzou e Snodgrass desviou de cabeça, sem chances para Mignolet, colocando o time mandante no jogo, mais uma vez.

O duelo ficou aberto no fim, com o Norwich no ataque e o Liverpool ameaçando nos contragolpes. Pelo time da casa, Van Wolfswinkel quase marcou de cabeça, mas parou em Mignolet. Pelos visitantes, Lucas perdeu grande chance e o placar final foi mesmo 3 a 2.


* Com Gazeta Esportiva.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.