Tamanho do texto

Na Arena Castelão, equipe cearense aproveita para embalar para a final batendo o Oeste

O torcedor do Ceará estava mais preocupado com a decisão do estadual na próxima quarta-feira, mas sabia que uma derrota na estreia da Série B poderia afetar o desempenho da equipe no clássico contra o Fortaleza. Sendo assim, não quis saber de crise, se aproveitou da fragilidade do adversário e fez a lição de casa neste sábado. Na Arena Castelão, venceu o Oeste por 1 a 0 e largou com vitória na competição nacional.

Veja a tabela completa e a classificação da Série B

Sem dar chances ao adversário, o Ceará dominou toda a partida, teve muitas chances para fazer um placar mais elástico, mas faltou capricho para o ataque alvinegro. Sendo assim, o único gol foi marcado ainda no primeiro tempo, com o centroavante Tadeu, que trombou com a zaga e empurrou para o fundo das redes, garantindo o triunfo inicial para o Vozão.

Embalado com a vitória na estreia da Série B, o Ceará agora terá que se preparar para a decisão do Estadual, na próxima quarta-feira. Depois de empatar sem gols no primeiro duelo, o Vozão volta a encarar o Fortaleza na Arena Castelão, às 22 horas (de Brasília). O Oeste, por sua vez, volta a jogar no sábado, quando recebe o América-RN, às 16h20 (de Brasília), nos Amaros.

FICHA TÉCNICA
CEARÁ 1 X 0 OESTE

Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)
Data: 19 de abril de 2014
Horário: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Gilberto Rodrigues Castro Junior (PE)
Assistentes: Antônio Fernando de Sousa Santos (MA) e Cicero Alessandro de Souza (MS)
Cartões Amarelos: Diego Ivo, Leandro Brasília, Jailson (Ceará), Henrique Mattos, Leandro Melo e Fernandinho (Oeste)
Gol: CEARÁ: Tadeu, aos 34 minutos do primeiro tempo

CEARÁ: Jaílson; Marcos (Samuel Xavier), Diego Ivo, Gabriel, Hélder Santos; Amaral (Leandro Brasília), Michel, Nikão (Felipe Amorim) e Roberto; Gil e Tadeu
Técnico: Sérgio Soares

OESTE: Paes; Cris, César Gaúcho e Henrique Mattos; Erick, Nando Carandina, Leandro Melo (Lelê), Luiz Miguel (Jeferson Paulista) e Fernandinho; André Luiz (Borebi) e Wagninho
Técnico: José Macena

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.