Volante brasileiro abriu o placar na vitória por 3 a 1 diante do Fulham, em casa. Tottenham chegou aos 63 pontos na tabela

Paulinho comemora gol pelo Tottenham
Sang Tan/AP
Paulinho comemora gol pelo Tottenham

Abusando de jogadas aéreas, o Tottenham fez sua parte no Campeonato Inglês , venceu o dérbi contra o Fulham no White Hart Lane por 3 a 1, e se manteve na briga por uma vaga nas competições europeias na próxima temporada. O brasileiro Paulinho voltou a marcar, abrindo o placar para os donos da casa.

Questionado, chegando a ficar fora da lista dos relacionados em alguns jogos, Paulinho ganhou fôlego no clube com o gol e uma boa atuação. A última vez que o brasileiro balançou as redes na Inglaterra foi em fevereiro, na goleada de seu time sobre o Newcastle por 4 a 0. Na temporada, o volante já marcou em seis oportunidades.

Com o resultado, o Tottenham segue vivo na briga pela Liga Europa e pela Liga dos Campeões. Com um jogo a mais, o time londrino encostou no Arsenal, quarto colocado, com quatro pontos a mais, e no Everton, que, com três a mais, ocupa a quinta posição.

O jogo - Todos os gols do Tottenham surgiram de cruzamentos na área. Aos 35 minutos, o placar foi inaugurado após uma boa cobrança de Eriksen na esquerda. O dinamarquês fez a bola passar por todos e sobrar para o sozinho Paulinho empurrar para o gol vazio, já na pequena área. O empate, no entanto, veio logo no lance seguinte. Sidwell, com boa presença na área, partiu em velocidade e tocou na saída de Lloris.

Na volta do intervalo, o Tottenham conseguiu, com um gol relâmpago, jogar um balde de água fria nas aspirações do Fulham. Em três minutos, um cruzamento da esquerda deixou Kane livre para cabecear muito perto da área e recolocar o time da casa na frente. A resposta dos visitantes veio com um potente cabeceio de Rodallega, milagrosamente defendido por Lloris.

Aos 17, Kaboul definiu o jogo para seu time. Em nova cobrança de falta precisa de Eriksen, o francês chutou sem marcação na altura da segunda trave e ampliou a vantagem do Tottenham. O Fulham ainda brigou e conseguiu um pênalti, mas Lloris, nome do jogo, defendeu a cobrança de Sidwell.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.