Meia revelado no Fluminense tem o apelido a um ex-jogador do clube carioca e já fala em campanha do time na Série B

Recém-chegado ao elenco da Ponte Preta , o meia Lucas Patinho explicou que o seu apelido nada tem a ver com o jogador do São Paulo, Alexandre Pato, e aproveitou para afirmar que a Ponte tem condições de fazer uma boa Série B do Campeonato Brasileiro em 2014. O clube de Campinas estreia nesta sexta-feira, às 21h50 (de Brasília), no Moisés Lucarelli, diante do Icasa.

"O Patinho é uma referência a um ex-jogador do Fluminense. Disseram que eu parecia com ele, então resolvi manter o apelido. A expectativa é enorme, vou procurar encontrar meu espaço aqui e dar meu melhor, respeitando a todos", disse.

Com 1,93 metros de altura, o jogador acredita que pode fazer a diferença nas bolas aéreas. "De certo ponto essa altura ajuda, acabo me sobressaindo um pouco mais. Me adaptei bem ao meio de campo e está sendo tranquilo", explicou.

Lucas Patinho não quer decepcionar a torcida e espera fazer uma boa campanha na segunda divisão do Brasileirão. O jogador foi revelado no Fluminense, mas acabou emprestado para diversos clubes. Segundo ele, período fundamental para adquirir mais bagagem e chegar preparado à Ponte.

"Já tive informações de que os torcedores da Ponte são exigentes. Nessa profissão temos que estar preparados para tudo. Temos que jogar não só para nós, mas para a torcida. Eles têm o direito de cobrar e devemos mostrar que temos condições de jogar e fazer história", finalizou.

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.