Jogador, que vai defender o Botafogo, conversou com colegas que faziam trabalho de musculação na manhã desta quarta

Emerson postou foto da despedida no Corinthians:
Reprodução
Emerson postou foto da despedida no Corinthians: "Aqui não deu p/ segurar as lágrimas ... três anos juntos... MUITO AMOR ... Obrigado por tudo !!! Escolhi vocês para"

Emerson cumpriu a promessa de que se despediria de seus companheiros de Corinthians antes de começar a trabalhar no Botafogo. O atacante apareceu no CT do Parque Ecológico na manhã de quarta-feira e bateu um papo com os amigos, que faziam um trabalho na sala de musculação.

O que achou da ida de Emerson para o Botafogo? Comente com outros leitores

Depois da despedida, Emerson apareceu na sala de imprensa durante a entrevista de Gil para um rápido pronunciamento. Ele sorte aos agora ex-colegas e deixou o local em um carrinho, chegando a derrubar uma repórter involuntariamente.

"Queria deixar o agradecimento aos amiguinhos. Toda a sorte, vou estar torcendo de longe. Queria deixar esse registro, a todos os funcionários, por tudo o que vivemos em três anos e pouquinho: as vitórias, as derrotas, as lágrimas", afirmou o atacante, avisando que não concederia entrevista.

Mesmo assim, o Sheik foi cercado por jornalistas na espécie de carrinho de golfe usado para transporte dentro do centro de treinamento. Respondeu rapidamente algumas perguntas, dizendo sair "com a sensação de dever cumprido" e explicando sua meta no Botafogo: "Ser feliz".

Diante da insistência nos questionamentos, Emerson avisou que precisava ir embora por causa de seu voo para o Rio de Janeiro. Na direção do veículo, começou a movimentá-lo vagarosamente, o suficiente para derrubar uma repórter que tentava registrar suas últimas declarações no Corinthians.

Alguns metros à frente, o atacante parou e perguntou se estava tudo bem com a repórter. "Quer que chame o doutor?", questionou, com um sorriso no rosto e um sotaque bastante carioca. A jornalista dispensou os cuidados médicos.

Emerson se despediu de colegas do Corinthians nesta quarta-feira
Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians
Emerson se despediu de colegas do Corinthians nesta quarta-feira


O negócio com o Botafogo

A transferência foi oficializada na última terça, quando o Sheik assinou com o clube de General Severiano. Emprestado até o final do ano, ele terá metade de seu salário pago pela agremiação do Parque São Jorge, com a qual tem compromisso até a metade de 2015.

Leia mais: Corinthians espera até esta quarta por Sobis e faz agradecimento a Emerson Sheik

O atleta de 35 anos não estava nos planos do técnico Mano Menezes, que lhe deixou isso muito claro. Por isso, depois de rejeitar as primeiras oportunidades de empréstimo, o herói da Copa Libertadores de 2012 acabou aceitando a proposta para defender o Botafogo.

Depois de forçar a saída de Emerson, o Corinthians publicou um texto em seu site oficial, exaltando os feitos do jogador, autor de 23 gols em 138 partidas em preto e branco. Foram cinco títulos, entre eles a sonhada coroa sul-americana, obtida com dois gols do camisa 11.

De 2012 para cá, no entanto, a produção do Sheik caiu vertiginosamente, assim como sua popularidade com a torcida. Boa parte dos corintianos se irritou quando o jogador publicou a foto de um beijo em um amigo. Ele não marcou nenhum gol desde então, tendo balançado a rede pela última vez em julho.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.