O volante foi a única ausência nas atividades no Centro de Treinamento da Barra Funda na tarde desta segunda-feira

O volante Maicon foi a única ausência nas atividades do São Paulo no Centro de Treinamento da Barra Funda na tarde desta segunda-feira. Depois de ganhar folga neste domingo, ao lado de todo elenco, o jogador não conseguiu retornar à capital paulista por causa das más condições do tempo no Rio de Janeiro.

Sendo assim, o volante, titular do time de Muricy Ramalho, não participou dos exercícios em campo reduzido, nos quais o treinador dividiu o elenco em dois grupos e priorizou o toque de bola. Denílson, Pato, Edson Silva, Luis Fabiano, Luis Ricardo, Ewandro, Paulo Miranda, Reinaldo e Ganso estiveram de colete; enquanto Boschilia, João Schimdt, Osvaldo, Souza, Wellington, Antônio Carlos, Douglas, Pabon e Lucas Silva formaram o outro time.

Fora da Libertadores, Muricy começa Brasileirão sob menos pressão no São Paulo

A atividade, aliás, contou com um possível concorrente de Maicon: Hudson, que assinou com o São Paulo nesta segunda e já foi a campo. O volante, que se destacou com a camisa do Botafogo de Ribeirão Preto no Campeonato Paulista, participou de apenas uma parte do treinamento, quando entrou no lugar de Alexandre Pato.

O atacante, que fez apenas dois jogos com a camisa do São Paulo, iniciou as atividades normalmente, mas teve de ser substituído depois de sentir um incômodo muscular. Desta forma, Alexandre Pato se dirigiu ao Reffis por precaução, mas não preocupa o departamento médico do São Paulo.

Corinthians publica série de vídeos comparando rotas para o Morumbi e Itaquera

Com uma semana inteira para trabalhar antes da estreia no Campeonato Brasileiro, a comissão técnica são-paulina preferiu poupar o atacante, evitando assim uma situação mais grave. O primeiro compromisso na competição nacional será no próximo domingo, 16 horas (de Brasília), contra o Botafogo, no Morumbi.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.