Tamanho do texto

Volante destacou a força da equipe em momentos decisivos e comemorou vitória sobre a Universidad de Chile

O Cruzeiro poderia ser eliminado da Libertadores nesta quinta-feira se perdesse ou empatasse para a Universidad de Chile, mas soube impor o ritmo de jogo para triunfar fora de casa e manter as chances de classificação para as oitavas de final. O volante Lucas Silva afirma que o elenco sabe como se portar em momentos decisivos.

"Sempre quando fomos solicitados em grandes partidas mostramos a cara, mostramos quem é o Cruzeiro de verdade, e hoje em mais uma partida decisiva, colocamos como o principal momento do ano, e esta aí o Cruzeiro que todo mundo esperava" declarou.

O jogador atribuiu a vitória de 2 a 0 à confiança e à personalidade da equipe mineira. "Confiança não pode faltar, nem a personalidade. Estes foram fatores importantes para o Cruzeiro nos momentos decisivos e pudemos usar isso mais do que nunca neste jogo", afirmou.

"Criamos mais chances, mas graças a Deus não foram necessários este gols. O 2 a 0 aqui foi muito bom, mas independente do placar, era a vitória o que a gente queria e principalmente jogar assim. Colocamos deste o primeiro jogo da Libertadores que era possível classificar e demos aqui um passo muito grande e agora temos que fazer o dever de casa (contra o Real Garcilaso, na próxima quarta-feira)", concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.