Primeiro jogo da decisão contra o Cruzeiro será neste domingo e desgaste de viagem da Colômbia vai ser pesado

Paulo Autuori pode poupar jogadores cansados
Flickr/Atltético-MG
Paulo Autuori pode poupar jogadores cansados

O Atlético-MG tem oscilado entre bons jogos e partidas regulares nesta temporada. Mesmo assim, o clube já ostenta uma invencibilidade de 14 jogos, marca que quer ampliar nos duelos decisivos da final do Campeonato Mineiro contra o arquirrival Cruzeiro. O time, porém, terá que reunir forças para superar o cansaço para entrar em campo no domingo e reverter a vantagem celeste de jogar por dois empates.

Os jogadores alvinegros atuaram na madrugada de quinta para sexta-feira, contra o Santa Fé, pela Libertadores, em Bogotá. Os atletas terão pouco tempo para se recuperar antes do clássico. Ronaldinho Gaúcho, Guilherme, Tardelli, Dátolo e Leandro Donizete apresentaram algum tipo de dor após o jogo na Colômbia.

R10 sofreu um pisão no pé direito, Guilherme e o argentino Dátolo sentiram dores musculares, mesma situação para Leandro Donizete e Tardelli. Os jogadores serão reavaliados pelos médicos do Atlético-MG para saber se terão condições de atuar no clássico de domingo. "Ninguém foi reavaliado e só no sábado para saber mesmo quem terá condições de jogo", disse Guilherme.

Ciente dos problemas do clube, o avante Jô espera que os companheiros tenham condições de atuar, e acredita que o time vai superar o cansaço. "Espero que o ritmo não diminua. O cansaço vai bater um pouco, mas a entrega vai ser grande e vamos fazer o melhor", garantiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.