Tamanho do texto

Atacante lembrou que sempre começou no banco nos times em que jogou, mas conseguiu fazer boas temporadas

Rildo em treino do Santos
Ricardo Saibun/Divulgação Santos FC
Rildo em treino do Santos

O atacante Rildo terá a oportunidade de ser titular no último jogo do Santos antes da decisão do Campeonato Paulista, contra o Ituano. Mesmo animado para enfrentar o Mixto nesta quarta-feira, pela Copa do Brasil, o jogador não demonstrou desespero para chamar a atenção do técnico Oswaldo de Oliveira.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

"Estou tranquilo. Independentemente de ser titular ou não, procuro sempre fazer o melhor para o grupo e para a torcida", discursou Rildo, apegando-se até a sua trajetória para não apressar a própria evolução na Vila Belmiro. "Em todos os lugares por que passei, foi a mesma coisa: comecei no banco, mas tive uma boa temporada", contou.

Confira os confrontos, notícias e artilharia da Copa do Brasil

O último lugar em que o atacante de 25 anos esteve foi a Ponte Preta, pela qual despertou o interesse do Santos em sua contratação. Os esforços que o clube fez para sacramentar o acordo, no entanto, não foram suficientes para assegurá-lo entre os titulares no início de 2014.No litoral paulista, Rildo encontrou Leandro Damião, um centroavante valorizado (pelo próprio Santos, que não economizou no reforço), e uma série de jovens atacantes em alta. "Isso é bom para mim, para quem está jogando. Não pode haver acomodação", relevou.

Neste meio de semana, no entanto, a chance de jogar será de Rildo - já que Oswaldo de Oliveira decidiu poupar titulares para a final do Campeonato Paulista. "A partir do momento em que visto a camisa do Santos, por cinco minutos ou pelo jogo todo, procuro fazer um grande trabalho. Será assim de novo", previu.

Na hora de falar em gol, Rildo recobrou as palavras ponderadas. "É lógico que os atacantes gostam disso, mas não importa quem marca. O mais relevante é o Santos sair vencedor", priorizou o comedido jogador.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.