Tamanho do texto

Segundo a entidade máxima do futebol, uma investigação apontou a prática irregular entre os anos de 2009 e 2013

Equipe do Barcelona que disputou a primeira partida das quartas da Liga dos Campeões
Clive Rose/Getty Images
Equipe do Barcelona que disputou a primeira partida das quartas da Liga dos Campeões

O Barcelona e a Federação Espanhola foram punidos pela Fifa nesta quarta-feira. O time de Messi, Neymar e companhia não poderá contratar jogadores por um ano e ainda foi multado em R$ 1,15 milhão por negociar atletas estrangeiros menores de 18 anos, prática proibida pela entidade. Já para a federação do país, a multa é de R$ 1,28 mi. 

Leia também: Com gols de Diego e Neymar, Barcelona e Atlético de Madri ficam no empate

A Fifa afirmou, em comunicado, que o Barcelona infringiu o artigo 19 de seu regulamento e citou a contratação de 10 jogadores menores de idade, além de outras infrações simultâneas com outros atletas.  Segundo a entidade, a investigação apontou a prática irregular entre os anos de 2009 e 2013.

"A Comissão Disciplinar considerou as violações graves e decidiu sancionar o clube com a proibição de transferência a nível nacional e internacional por duas janelas de transferência consecutivas (janela de verão de 2014 e a de inverno de 2015), juntamente com uma multa de 450.000 francos suíços. Além disso, foi concedido ao clube um prazo de 90 dias para regularizar a situação de todos os jogadores menores", disse a Fifa.

Já a Federação de futebol da Espanha acabou punida por ter registrado esses jogadores e permitido que eles participassem das competições nacionais. 

A transferência de jogadores menores de 18 anos para países estrangeiros só é permitida em três casos: se os pais do atleta emigraram para determinado país por conta própria, sem nenhum tipo de relação com o futebol; se a transação ocorrer entre países da União Europeia e o jogador tiver entre 16 e 18 anos; ou se a residência do atleta estiver localizada a menos de 50 quilômetros da fronteira do novo país.

Clube espera que sanção não impeça jogadores já contratados

O Barcelona espera que a punição imposta pela Fifa não impeça o clube de concretizar a contratação de dois jogadores: o goleiro alemão Ter Stegen, do Borussia Mönchengladbach, e o meia croata Alen Halilovic, do Dínamo Zagreb. Segundo o jornal Mundo Deportivo, os dirigentes culés alegarão que as transferências foram fechadas antes da sanção.

*com agências

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.