Adilson Batista disse não ter problemas em ter a partida de volta contra o Resende, pois o importante "é classificar-se"

Vasco vai para a Copa do Brasil com a cabeça voltada à final do Carioca
Matheus Andrade/ Photocamera
Vasco vai para a Copa do Brasil com a cabeça voltada à final do Carioca

Em uma semana que começa a se preparar para decidir com o rival Flamengo o título do Campeonato Carioca, que não conquista desde 2003, o Vasco se vê obrigado a dividir as atenções com a Copa do Brasil. Isso porque a estreia na competição estadual está marcada para esta quinta-feira, às 20h30(de Brasília), na Arena da Amazônia, em Manaus (AM), diante do Resende-RJ. O jogo será um dos eventos-testes do estádio para a disputa da Copa do Mundo de 2014, prevista para começar em 12 de junho.

Em condições normais, o Vasco poderia até mesmo sonhar com a eliminação do confronto de volta. Isso porque, em caso de triunfo por dois ou mais gols de vantagem, o time avança automaticamente para a segunda etapa da Copa do Brasil, sem a necessidade de rever o adversário na partida de volta, prevista para 10 de abril em São Januário. Porém, em um momento de atenções divididas com o Flamengo, o discurso na Colina é de que o importante é passar sem maiores sustos por esse primeiro duelo com o time do Sul Fluminense.

"Vamos trabalhar com o objetivo de conseguirmos um resultado que nos dê a classificação. Independentemente de ser na primeira partida ou no jogo da volta, o fundamental é não sermos eliminados. Respeitamos o Resende, que não está disputando essa Copa do Brasil por acaso. O clube tem estrutura e pode surpreender. Portanto, o nosso pensamento tem que ser o de classificarmos", analisou o técnico Adilson Batista.

Os jogadores vascaínos pensam de maneira parecida. "É complicado fazer qualquer tipo de análise sobre as nossas chances de conseguirmos a classificação neste primeiro jogo. O regulamento nos dá essa possibilidade realmente, mas do outro lado do campo tem num rival de qualidade e que também deseja seguir na Copa do Brasil. Portanto, o fundamental é conquistarmos um resultado que nos permita a classificação", afirmou o atacante Thalles.

Uma prova de que a prioridade será mesmo a decisão do Campeonato Carioca, foi o fato de Adilson Batista ter dividido o grupo de jogadores em dois nesta manhã de terça-feira. Os reservas trabalharam no CFZ, se preparando para o duelo contra o Resende. Já os titulares ficaram trabalhando a parte física em São Januário.

Pelo que se viu no treino desta quinta-feira, o Vasco deverá ir a campo com a seguinte escalação diante do Resende: Diogo Silva, Danilo, Jomar, Rafael Vaz e Lorran; Aranda, Felipe Bastos, Dakson e Bernardo; Montoya e Thalles. Nesta quarta-feira a delegação embarca para Manaus e ficará claro o pensamento do treinador em relação a este jogo.

Fora de campo o clube ainda não se posicionou sobre a decisão do meia Felipe de se aposentar do futebol. A informação foi confirmada pelo próprio jogador na tarde de segunda-feira. Ele chegou a manter negociações com o diretor executivo do departamento de futebol Rodrigo Caetano para defender o clube por mais uma temporada. Porém, como as negociações não avançaram, Felipe se cansou da espera e optou por acabar com a carreira. Além do Vasco, no Rio de Janeiro o jogador defendeu ainda o Flamengo e o Fluminense, clube que estava até dezembro do ano passado, quando foi dispensado após a péssima campanha do Tricolor no Campeonato Brasileiro. Pelo Vasco Felipe conquistou títulos importantes, como a Copa Libertadores de 1998.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.