Convite para treinar no país surgiu depois que a seleção local escolheu o CT Rei Pelé para trabalhar durante a Copa do Mundo

Odílio Rodrigues, presidente do Santos
Flickr/Santos F.C.
Odílio Rodrigues, presidente do Santos

O Santos recebeu um convite para realizar intertemporada no México durante a Copa do Mundo. O técnico Oswaldo de Oliveira já manifestou seu desejo de não sair da cidade, mas o presidente do clube, Odílio Rodrigues, ainda cogita viajar para território mexicano.

"Quando nós fazemos um planejamento, evidentemente sempre ouvimos os profissionais, que têm opiniões importantes. Mas levamos em consideração também outras opiniões e o custo-benefício. O comitê de gestão é soberano neste momento", explicou.

O dirigente até adotou o bom humor para comentar a vontade de Oswaldo de Oliveira de continuar na Baixada. "Santos realmente é uma cidade mágica, onde todos querem ficar", sorriu.

O convite para treinar no México surgiu depois que a seleção do país escolheu o CT Rei Pelé para trabalhar durante o Mundial. No entanto, Oswaldo de Oliveira já deixou claro que sua intenção é não fazer grandes viagens durante o recesso para a Copa.

"Eu não gostaria de sair daqui. Acho que só devemos sair de Santos se ficarmos impossibilitados de fazer qualquer atividade aqui. Assim, poderia pensar em Atibaia ou Itu, para mudar de ares. Mas existem questões comerciais e de marketing que podem ser imperativas", afirmou, na sexta-feira, admitindo que seu desejo pode não ser atendido.

Odílio revelou que estuda ainda outras cidades em que o time pode treinar, no Brasil, e espera decidir logo o destino. "Nos próximos dias devemos definir a intertemporada, pois temos vários convites. Vamos ver qual dará o melhor resultado para o Santos e o que causará menos impacto", completou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.