Desde 1975, o Goiás não conquista o estadual de forma invicta. Time tem 11 vitórias e cinco empates até aqui

Claudinei Oliveira, técnico do Goiás
Divulgação/Goiás E.C.
Claudinei Oliveira, técnico do Goiás

Onze vitórias e cinco empates em dezesseis partidas. Esse é o retrospecto do técnico Claudinei Oliveira no Goiás , único clube invicto no Estadual. Após derrotar o Goianésia na semifinal, com o placar agregado de 4 a 1, o Esmeraldino chega com status de favorito para a decisão, onde pode superar um tabu que já dura 39 anos: desde 1975, o clube não conquista o torneio de maneira invicta.

Responsável por tal campanha, Claudinei é detentor da maior invencibilidade dos treinadores que vão figurar na Série A do Campeonato Brasileiro. Se somado a sua série invicta no final de 2013, quando comandou o Santos, seu aproveitamento sobe para 82,45%, com uma invencibilidade que dura 19 oportunidades.

Para seguir trilhando o retrospecto vitorioso, o treinador esmeraldino terá pela frente o Atlético-GO, na final do Estadual. O embate de ida ocorre neste domingo, às 16 horas (de Brasília), no estádio Serra Dourada, em Goiânia.

Algoz do Anapolina na semifinal, o Dragão, na primeira fase, terminou na vice-liderança do Grupo A, o mesmo do Goiás, com sete vitórias, dois empates e cinco derrotas. Sua pontuação, 23, esteve 11 unidades abaixo de seu adversário na decisão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.