O meia Alex, sem muitas justificativas ou explicações, deu os méritos ao adversário, que tem a melhor campanha do Estadual e, nas semifinais, se classificou com uma vitória e um empate

O Coritiba está fora do Campeonato Paranaense 2014 após ser eliminado pelo Maringá, que aproveitou a vantagem construída no jogo de ida e, com um empate em 1 a 1 no Couto Pereira carimbou sua passagem para a final. O lateral Victor Ferraz acredita que os gols perdidos - especialmente pela grande partida do goleiro Ednaldo - foram fatais, mas já pensa em reação na Copa do Brasil e no Brasileirão.

Coritiba apenas empatou com o Maringá e está fora da decisão do Paraense
CLEBER YAMAGUCHI/Agência Eleven/Gazeta Press
Coritiba apenas empatou com o Maringá e está fora da decisão do Paraense

"Falta de luta não foi. Foi um dia infeliz, a bola não queria entrar. Nós tínhamos o objetivo do penta, mas o objetivo de algo nacional é muito maior", afirmou o jogador, que admite que a derrota no jogo de ida complicou os planos. "O primeiro tempo lá, com dois vacilos, eles aproveitaram bem. Agora tem que refletir o que a gente errou porque vem aí competições ainda mais duras", projetou.

O meia Alex, sem muitas justificativas ou explicações, deu os méritos ao adversário, que tem a melhor campanha do Estadual e, nas semifinais, se classificou com uma vitória e um empate. "A gente tentou, mas no contra-ataque eles fizeram o gol, eles tinham a vantagem. Foram melhores na eliminatória e mereceram", avaliou.

Já o goleiro Vanderlei lamenta erros defensivos e ofensivos, nas duas partidas, e também reconhece a superioridade do adversário. "Tomamos mais uma vez o gol no contra-ataque, tivemos a chance de fazer os gols e pecamos. A partida que eles fizeram lá foi superior a nossa. Mas, não podemos lamentar não. Perdemos pecando na frente e atrás", concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.