Técnico disse que o Chelsea não depende apenas dele para reassumir a liderança após cair ante o Crystal Palace

O revés para o Crystal Palace neste sábado fez José Mourinho praticamente desistir do título inglês. Apesar de ocupar a liderança do campeonato, o Chelsea tem jogos a mais que os principais concorrentes e já corre risco de ser ultrapassado neste domingo. Insatisfeito com o desempenho de seus comandados, ele abriu o jogo com o torcedor.

"Acho que agora perdemos qualquer chance de ficar em primeiro lugar. Agora dependemos demais de outros resultados. Faltam seis jogos para nós e os outros têm mais jogos para fazer. Sei que é possível matematicamente, mas uma coisa é a matemática e outra é a realidade. Não somos candidatos ao título", declarou o treinador.

Veja a classificação completa do Campeonato Inglês

A gota d’água do descontentamento de Mourinho foi o revés por 1 a 0 para o Crystal Palace, que luta contra o rebaixamento no Campeonato Inglês. Segundo analisa o técnico azul, o Chelsea não merecia melhor resultado.

"Perdemos para um time que foi melhor que nós em termos de espírito e mentalidade. Normalmente, este é o último problema dos meus times. Faltou mentalidade e um pouco de qualidade. Mentalidade porque os oponentes foram fortes, agressivos, comprometidos, jogaram no máximo de seu potencial", cobrou, alfinetando em seguida a postura desestimulada de alguns de seus jogadores na partida.

"Temos jogadores que, por causa de seu estilo, têm dificuldade para atuar bem em certos tipos de jogos. Temos jogadores que são fantásticos em alguns jogos e desaparecem em outros", afirmou, dando recado a seus comandados.

No próximo sábado, o Chelsea recebe o Stoke no Stamford Bridge para tentar aumentar as esperanças do técnico. Antes disso, porém, tem duelo com o PSG pelas quartas de final da Liga dos Campeões.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.