"O Londrina será um adversário difícil. Tem bons atacantes, é uma equipe bem armada", analisou o treinador

O time sub 23 do Atlético Paranaense ainda não encontrou vida fácil no Campeonato Paranaense e, na semifinal, cujo primeiro jogo diante do Londrina será neste sábado, no Ecoestádio Janguito Malucelli, não será diferente. O técnico Petkovic aproveitou os dias a mais que ganhou com o adiamento da partida para ajeitar alguns problemas, ciente de que qualquer deslize pode ser fatal na luta pela vaga na final.

"Quando se trata de um jogo assim, de mata-mata, qualquer detalhe é importante", afirmou o comandante rubro-negro, que espera um duelo duro, com um adversário embalado e bem montado do outro lado. "O Londrina será um adversário difícil. Tem bons atacantes, é uma equipe bem armada. Será um bom oponente. Serão duelos equilibrados", acrescentou.

Time principal do Atlético-PR abre a Arena, e sub 23 joga semi do estadual

Petkovic não contará com as presenças do zagueiro Ricardo Silva e dos volantes Hernani e Otávio, todos cumprindo suspensão automática. As novidades serão as entradas do zagueiro Léo Pereira, e do atacante Bruno Furlan e do volante Deivid, cedido pelo time principal para reforçar a equipe nessa partida decisiva.

Adriano pode ser a estrela em evento teste - O evento testes para a Copa do Mundo, o primeiro realizado na Arena da Baixada, poderá ter como grande estrela o atacante Adriano. Após voltar aos treinos, o Imperador poderá reforçar o time principal, que encara o J.Malucelli, neste sábado, às 15 horas. Seis mil ingressos foram distribuídos para operários e sócio-torcedores.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.