Tamanho do texto

O técnico Dado Cavalcanti admiteu o mau momento da equipe em campo, mas fez ressalvas quanto à classificação

O Coritiba foi ao Estádio Willie Davids encarar o Maringá e saiu de campo com uma derrota por 2 a 1 na partida de ida das semifinais do Campeonato Paranaense. A apresentação ruim, especialmente nos 45 minutos iniciais, foi crucial para o resultado, que só não foi totalmente desastroso graças ao gol de Júlio César. O técnico Dado Cavalcanti admite em partes o mau momento em campo, mas pondera em relação à classificação.

"Não fizemos um bom primeiro tempo e o segundo bem melhor. Colocamos a bola no chão e saímos para o jogo. Mas, correr atrás do prejuízo é sempre ruim. Mas, no contexto geral, diminuímos o prejuízo e vamos levar a decisão para o Couto", avaliou o treinador, que viu um time muito superior após o intervalo. "Pela força ofensiva que apresentamos no segundo tempo poderíamos até ter virado o placar", completou.

O goleiro Vanderlei também lamentou os gols tomados na primeira etapa, mas, confiante, acredita na reversão do resultado em Curitiba. "A gente pagou pelo péssimo primeiro tempo que fizemos. Ficamos olhando o Maringá jogando. No segundo tivemos mais chances de fazer. Mas no segundo jogo temos chances de reverter o placar", finalizou.

As duas equipes, salvo alguma mudança na tabela, devem se encontrar novamente no domingo, às 16 horas, no Estádio Couto Pereira. O Maringá tem a vantagem do empate por qualquer quantidade de gols.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.