Pênalti polêmico sofrido por brasileiro e atuação de Messi ganham destaque na mídia espanhola após o clássico

Neymar sofreu o pênalti do terceiro gol do Barcelona e saiu substituído logo depois
Gonzalo Arroyo Moreno/Getty Images
Neymar sofreu o pênalti do terceiro gol do Barcelona e saiu substituído logo depois

Mesmo com uma atuação abaixo do esperado, Neymar ganhou destaque nos jornais espanhóis após a vitória do Barcelona sobre o Real Madrid por 4 a 3 no eletrizante clássico deste domingo.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

O brasileiro virou o centro das atenções por conta do pênalti que sofreu de Sergio Ramos, o segundo dos três marcados na partida. O espanhol era o último homem e foi expulso após o lance, mas ficou revoltado com a atitude do árbitro Undiano Mallenco.

Leia mais: Messi decide e Barcelona vence Real Madrid em clássico eletrizante e polêmico

"Neymar arrancou impedido e buscou o contato comigo. Eu freei porque preferia que empatasse do que deixar a equipe com dez. Esperemos que Undiano não apite mais jogos nossos, porque coincidentemente sempre acontecem essas coisas, no Camp Nou e aqui. Não toquei no Neymar", disse Sergio Ramos ao jornal "AS". A publicação deu destaque às reclamações dos jogadores do Real Madrid sobre a arbitragem e chamou a partida de "bagunça".

"Fica uma sensação de tristeza. Estávamos controlando a partida. Na minha opinião, esse árbitro não pode apitar um jogo assim, ele não tem nível para apitar um jogo assim", disse Cristiano Ronaldo.

Veja fotos do clássico deste domingo:

Outro lance polêmico aconteceu com Daniel Alves. O lateral do Barcelona tocou em Cristiano Ronaldo fora da área, mas o árbitro assinalou o pênalti. Na cobrança, o português marcou o terceiro do Real.

"Undiano Mallenco assinalou pênalti a favor do Real Madrid pela caída de Cristiano Ronaldo dentro da área. As imagens, sem dúvida, deixam claro que a falta de Alves sobre o português foi feita fora da área", afirmou o jornal Marca, que deu destaque a Messi pelos três gols, com a manchete ""Começou o campeonato”.

O jornal "Mundo Deportivo" lembrou a bela atuação do argentino: "Messi conquista o Bernabéu". Já o "Sport", da Catalunha, escreveu: "Messi ressuscita o Barça na Liga". O "El País", jornal argentino também destacou a atuação do atacante: "Messi toma o Bernabéu".

Com os três gols marcados, Lionel Messi se consolidou como o maior artilheiro da história do clássico, com 21 gols, três a mais que Alfredo Di Stéfano.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.