Torcida rubro-negra tentaou ir embora antes do tempo estipulado pela polícia e teve que ser contida

O clássico deste domingo entre Bahia e Vitória , na Arena Fonte Nova, teve confusão nas arquibancadas depois do apito final. Tudo porque a torcida rubro-negra tentaou ir embora antes do tempo estipulado pela polícia.

Por determinação da segurança, a torcida visitante só poderia deixar o estádio 30 minutos após o final do jogo, o que foi avisado várias vezes no decorrer do segundo tempo do duelo. Entretanto, os rubro-negros tentaram sair da arquibancada antes logo após o apito final. Os indivíduos foram impedidos pela Polícia Militar, que formou um cordão de isolamento.

Leia mais: Bahia vence Vitória e fortalece esperança de vantagem na final

A PM teve de usar bombas de efeito moral com o intuito de evitar a saída dos torcedores antes do momento estipulado. Assim, a confusão tornou-se generalizada. No meio dela, iniciou-se uma briga na maior organizada do Vitória. Pessoas passaram mal, reclamavam de falta de ar e, por meio de imagens da TV Bahia, foi possível ver uma mulher sendo carregada.

Ante a confusão, funcionários do estádio decidiram abrir o portão que permite o acesso ao gramado para que os torcedores passassem pelo corredor que fica fora do campo para deixarem a Arena. Seguranças se posicionaram num cordão de isolamento para impedir o acesso ao campo. Dessa forma, alguns espectadores conseguiram sair pelo acesso alternativo, sem invadir o gramado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.