Torcedores não usaram nenhum adereço das organizadas e criaram confusão. Cerca de 120 pessoas acabaram detidas

Na última terça-feira, a Justiça proibiu que torcidas organizadas frequentassem estádios de Recife devido às cenas de violência que as maiores facções de Santa Cruz e Sport protagonizaram após clássico disputado há duas semanas. A medida, porém, não impediu que novos distúrbios acontecessem nesta quarta. Horas antes do Clássico das Multidões, torcedores voltaram a provocar tumulto e tiveram que ser combatidos pela polícia nos arredores do Arruda. Cerca de 120 pessoas foram detidas.

Deixe seu recado e comente com outros leitores

Como a punição imposta pelo Ministério Público impedia o uso de camisas, instrumentos musicais e qualquer outro objeto que fizesse referência às organizadas, os envolvidos encontraram solução fácil: deixaram de usar os adereços típicos das torcidas. Mesmo descaracterizados, torcedores aproveitaram o frágil planejamento de segurança em um terminal de ônibus para provocar tumulto.

Leia também: Sport aproveita expulsões, vence Santa Cruz de novo e é finalista

Ao flagrar torcedores no teto de um coletivo, viaturas pararam o veículo e optaram por levar todos os passageiros para a delegacia do torcedor. Como mais de cem pessoas foram detidas, o próprio ônibus foi usado para o transporte.

Em campo, o Sport voltou vencer o Santa Cruz pelas semifinais da Copa do Nordeste . Com o placar de 2 a 1, o Leão da Ilha ampliou a vantagem que já tinha conquistado na partida de ida e garantiu lugar na grande decisão da competição regional.

Chegada de rubro-negros também gera tensão

Além da confusão causada por tricolores, torcedores rivais também espalharam medo na chegada ao Arruda. Apesar da escolta policial, cinco disparos foram feitos no meio do tumulto e o clima hostil marcou o pré-jogo. Houve inclusive um início de confronto entre a organizada e policiais, mas a ação foi prontamente dominada pela corporação.

Este é pelo menos o terceiro distúrbio causado pelas torcidas de Santa Cruz e Sport neste ano. Além das confusões desta quarta-feira e do último dia 6, torcedores haviam entrado em confronto dentro de um ônibus em janeiro, na Zona Sul do Recife.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.