Atual campeão da Copa Libertadores lidera o Grupo 4 e pode se garantir nas oitavas de final em caso de vitória

Jô será um dos titulares no ataque do Atlético-MG diante do Nacional nesta noite
Yuri Edmundo/Gazeta Press
Jô será um dos titulares no ataque do Atlético-MG diante do Nacional nesta noite

Líder do Grupo 4 da Libertadores, o Atlético-MG pode dar um importante passo para carimbar o passaporte para as oitavas de final nesta quarta-feira, quando recebe os paraguaios do Nacional, às 19h45, no Independência, e um triunfo o deixa em condição de manter o sonho do bicampeonato da América.

Deixe seu recado e comente com outros leitores

Se vencer, o Atlético vai a dez pontos e poderá, inclusive, brigar para ser a melhor equipe da primeira fase da Libertadores. O técnico Paulo Autuori trabalha com esta possibilidade, e acredita que se tiver o desempenho do primeiro turno, quando somou sete pontos, terá condições de repetir o feito do ano passado.

Leia mais: Zamora empata com Santa Fé na Colômbia e ajuda Atlético-MG na Libertadores

Veja fotos da rodada da Libertadores:


Em 2013, o Atlético-MG foi o primeiro colocado geral da Libertadores, o que possibilitou decidir a vaga sempre no Horto, fato que fez diferença na campanha do título. Nesta temporada, Grêmio e Santos Laguna, também com sete pontos, brigam para ser o melhor da competição continental.

CBF divulga tabela do Brasileiro até a 9ª rodada, quando torneio será paralisado

"Da maneira como as coisas caminharam nos outros grupos, dificilmente vai ser diferente do que aconteceu no primeiro turno. Se repetirmos a pontuação do primeiro turno, temos grande chance de terminar entre os de melhor campanha", disse Autuori.

O desejo de ser primeiro colocado geral da fase de grupos da Libertadores é tão grande que o presidente Alexandre Kalil anunciou que a premiação será maior se o clube cumprir o objetivo. "A premiação para ser o primeiro do grupo é uma e para o primeiro geral é outra. É uma coisa completamente diferente", revelou, em entrevista à Rádio Itatiaia.

Veja classificação, jogos, notícias e artilharia da Libertadores

Além dos atrativos que um jogo da Libertadores desperta naturalmente, o torcedor tem um motivo extra para ir ao Independência. O Atlético vai estrear diante dos paraguaios o novo uniforme da equipe, que possui um escudo alusivo ao título conquistado em 2013.

Se no Atlético a meta é ser o primeiro lugar geral, no lado paraguaio o objetivo é buscar a vaga para as oitavas de final, independentemente da posição. O Nacional é vice-líder da chave com quatro pontos, seguido pelos colombianos do Independiente Santa Fé e dos venezuelanos do Zamora, ambos com três.

Com a disputa pelo segundo lugar do Grupo 4 totalmente aberta, o time de Assunção entende que arrancar um empate no Horto já será um grande feito. No jogo de ida, as equipes ficaram no empate de 2 a 2, jogo realizado em Ciudad del Este, na fronteira com o Brasil.

O técnico paraguaio Gustavo Morínigo deverá escalar a mesma equipe do jogo de ida. Mas a postura do Nacional em campo será bem mais defensiva que na partida da última semana, por isso, os atleticanos se prepararam para uma retranca no Horto.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG X NACIONAL

Local : Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data : 19 de março de 2014, quarta-feira
Horário : 19h45 (de Brasília)
Árbitro : Omar Ponce (EQU)
Assistentes : Carlos Herrera e Luis Vera (ambos do Equador)

ATLÉTICO-MG : Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Otamendi e Dátolo; Pierre, Josué, Ronaldinho e Tardelli; Fernandinho e Jô
Técnico : Paulo Autuori

NACIONAL : Iganacio Don; Coronel, Balbuena, Cáceres e Mendoza; Riveros, Torales, Orué e Melgarejo; Benitez e Bareiro
Técnico : Gustavo Morínigo


* Com Gazeta Esportiva

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.