Tamanho do texto

Argentino tem agora 371 gols com a camisa da equipe catalã, superando Paulino Alcántara, atleta do Barça nos anos 10 e 20

Com Daniel Alves, Messi comemora o 6° gol do Barcelona na vitória sobre o Osasuna
Getty Images/Alex Caparros
Com Daniel Alves, Messi comemora o 6° gol do Barcelona na vitória sobre o Osasuna

Lionel Messi não para de bater recordes. Na tarde deste sábado, o argentino foi o protagonista da goleada do Barcelona, tendo marcado três gols na vitória por 7 a 0 sobre o Osasuna e tornando-se o maior artilheiro da história do Barcelona, com 371 gols (incluindo jogos não oficiais).

Com o triunfo, a equipe azul e grená agora acumula 66 pontos na terceira colocação do Campeonato Espanhol , quatro atrás do Real Madrid e apenas um atrás do Atlético de Madri. A chance para colar na liderança será na próxima rodada, quando o Barça vai ao Santiago Bernabéu encarar o time merengue no maior clássico espanhol.

Veja fotos da carreira do argentino Lionel Messi:

Confira a classificação, artilharia e mais notícias do Campeonato Espanhol

Já o Osasuna vive momento bastante diferente, com três derrotas seguidas e voltando as suas atenções para a luta contra a queda para a segunda divisão. Com 29 pontos, a equipe de Pamplona tem três a mais que o Valladolid, 18º colocado e primeiro da zona da degola.

Lionel Messi tenta passar pela marcação de Jordan Loties, do Osasuna, durante a goleada por 7 a 0 do Barcelona
Getty Images/Alex Caparros
Lionel Messi tenta passar pela marcação de Jordan Loties, do Osasuna, durante a goleada por 7 a 0 do Barcelona

Como foi o jogo

O primeiro lance de perigo assustou a torcida culé. Aos nove minutos, Valdés bateu roupa após chute de Armenteros da entrada da área e deu rebote a Riera, que fez o gol. O meio-campista, porém, foi flagrado em posição de impedimento. Passado o susto, o Barcelona começou o show cinco minutos depois.

LEIA TAMBÉM: Diego Costa marca, Atlético de Madri vence e segue caça ao Real na Espanha

Quem deu início aos trabalhos foi Lionel Messi. O camisa 10 se posicionou dentro da pequena área e, após cruzamento de Alexis Sánchez vindo da direita, desviou para inaugurar o placar. Na sequência foi a vez de o chileno fazer o dele. Em jogada envolvente pelo lado esquerdo, Jordi Alba tabelou com Iniesta e serviu Alexis Sánchez, que da entrada da pequena área completou para o gol. Mas o primeiro tempo arrasador não terminou por aí.

Aos 33 minutos, Iniesta recebeu na intermediária livre de marcação e aproveitou o espaço para ajeitar para a canhota e mandar uma bomba no ângulo esquerdo do goleiro Fernandez.

Pouco depois foi o brasileiro Daniel Alves quem arriscou de longe, mas desta vez o goleiro do Osasuna conseguiu impedir o gol ao espalmar para escanteio. Em seguida, Iniesta encontrou Xavi dentro da área e o camisa 6 pegou de primeira, mas Fernandez fez nova defesa, impedindo que a vitória azul e grená virasse goleada ainda no primeiro tempo.

Mas as tentativas de parar o Barça se mostraram frustradas. Aos 17 da etapa final, Messi recebeu de Iniesta e bateu forte para marcar mais um e ultrapassar Paulino Alcántara, tornando-se o maior artilheiro da história do clube catalão. Depois, Tello participou da festa ao passar por dois marcadores na entrada da área e bater colocado no ângulo esquerdo. Era o quinto do Barcelona.

Já nos minutos finais, Messi, de novo ele!, recebeu livre de frente para o gol e só teve o trabalho de empurrar às redes para completar a tripleta. Pouco depois, o argentino ainda deixou Pedro frente a frente com o goleiro e o espanhol finalizou o passeio no Camp Nou.

    Leia tudo sobre: lionel messi
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.